Bruna Linsmeyer: nove meses de estudo para viver autista em Amor à Vida

Bruna será autista em Amor à Vida

Foto: Arquivo Pessoal/ Bruna Linzmeyer

Depois de viver uma dançarina que dava vários golpes na novela "Gabriela", Bruna Linsmeyer se vê num papel desafiador: o da autista Linda, na trama das 21h da TV Globo, "Amor à Vida".

Antes de levar a personagem para as telinhas, a atriz estudou durante nove meses. "Visitei instituições, li muitos livros e assisti a muitos filmes, entrevistas, vídeos e palestras. O tema é muito delicado", contou em entrevista ao site "F5".

Bruna revelou que uma das suas fontes de inspiração foi a canadense Carly Fleischmann, autista grave. "Ela não fala. Aos dez anos, ela começou a se comunicar através do computador. É muito inteligente, sarcástica e irônica e ao mesmo tempo muito profunda ao falar sobre a condição dela".


A jovem atriz disse que tem o suporte de uma psicóloga para compor a personagem. Sente-se livre para improvisar e já adianta que não teme críticas de especialistas no tema. "Não sou médica. Conheço o autismo há nove meses. Acho que eles terão sensibilidade para olhar e ver que apesar de eu ter uma sensibilidade e um engajamento para o tema, meu trabalho é de atriz", se defende.

Por Juliana Falcão (MBPress)

Comente