Beyoncé diz que igualdade de gênero não é uma realidade: "Temos muito a fazer"

Beyoncé

Foto divulgação

Neste domingo (12), Beyoncé soltou a voz ao falar sobre a luta da ascensão feminina no mercado de trabalho. Em artigo publicado pelo "The Shiver Report" - organização não governamental americana que luta pelos direitos das mulheres -, a popstar deixou claro que a igualdade entre homens e mulheres ainda não é uma realidade no ramo. "Precisamos parar de acreditar no mito da igualdade de gênero", declarou.

Como forma de alerta, a cantora afirmou: "A igualdade será alcançada quando homens e mulheres forem contemplados em igualdade com remuneração e respeito".

A organização, dirigida pela jornalista Maria Shriver, ex-esposa de Arnold Schwarzenegger, reúne uma série de relatórios sobre políticas que afetam a ala feminina. Recentemente, divulgou que uma em cada três mulheres vive na pobreza ou à margem dela, nos Estados Unidos. Uma pesquisa ainda concluiu que a cada três famílias duas dependem dos salários das mães que trabalham e que estão lutando para equilibrar o sustento da casa.

Defendendo o direito das mulheres de ter as mesmas oportunidades de trabalho que os homens e ainda serem recompensadas por isso, Beyoncé continuou: "Hoje, as mulheres representam metade da força de trabalho dos EUA, mas ganham, em média, 77% do que um homem ganha".

A diva do pop ainda destacou que as reivindicações para a mudança desse sistema devem partir dos homens também. "Os homens têm de exigir que suas esposas, filhas, mães e irmãs ganhem mais - que a remuneração seja compatível com as suas qualificações e não com um gênero."

Mãe de Blue Ivy, a cantora também escreveu em seu artigo uma reflexão na educação que os pais devem dar aos filhos a respeito do tema, para que a equidade de gêneros seja um modo de vida natural daqui para frente: "Nós temos que ensinar às nossas meninas que elas podem chegar tão alto quanto humanamente possível".


Por fim, Beyoncé concluiu: "Temos muito trabalho a fazer. Mas podemos chegar lá se trabalharmos juntos. As mulheres são mais de 50% da população e mais de 50% dos eleitores. Devemos exigir que todos nós recebamos 100% das oportunidades".

Por Alessandra Vespa (MBPress)

Comente

Assuntos relacionados: famosos mulheres beyoncé