BBB da diversidade começa com erros e surpresas

BBB da diversidade começa com erros e surpresas

Foto: Frederico Rozario.

Não teve como não perceber. Depois do primeiro bloco de estreia do Big Brother Brasil, nesta terça-feira (12) a Globo errou e lançou a vinheta da edição passada do programa. Prova que, até eles, estavam (no mínimo) ansiosos com o início da décima edição do reality mais famoso do país. Fora isso, o programa comandado por Pedro Bial foi correto, redondo, bem feito.

Vídeos de todos os participantes foram reproduzidos para que todo mundo conhecesse um pouquinho mais sobre os novos 15 confinados da casa mais vigiada do Brasil - que tem três homossexuais assumidos! Bial tratou de fazer perguntas indiscretas e deixou alguns brothers de saia justa...

Na mesma noite de estreia, foi Bial quem revelou o mistério dos novos participantes. A casa tem ainda duas vagas, que começaram a ser disputadas na primeira noite, por cinco ex-BBBs. Natália (BBB8), Fani (BBB7), Josiane (BBB3), Marcelo Dourado (BBB4) e Rafael (BBB6) foram os escolhidos para apadrinhar cinco equipes de três participantes cada - Ligados, Coloridos, Belos, Sarados e Cabeças!

E já na primeira noite, todos começaram uma prova do líder que colocará um desses ex-BBBs em posição privilegiada na casa. Além da coroa, o padrinho vencedor pode escolher quem mais entra com ele na casa novamente, do sexo oposto. Sorte dobrada para duas pessoas, hein?

A prova começou perto das 11h da noite de terça e virou a madrugada. Depois de quase 12 horas, apenas três sisters lutam contra o cansaço numa prova de resistência, onde todos devem se equilibrar e andar sobre rolos. Fernanda, Ana Marcela e Cláudia continuam defendendo seus padrinhos, Josiane, Natália e Marcelo Dourado, respectivamente. Quem será que pega essa liderança? E quem será que o vencedor vai escolher para continuar na casa com ele?

[galeria]


O melhor para quem continua da prova do líder é que, ganhando a disputa para sua equipe, a imunidade está preservada - o que significa uma semana mais perto do prêmio de R$ 1,5 milhão. Ponto para as meninas, que ainda não desistiram. Força das mulheres, nesse BBB onde elas já são maioria...

Por Sabrina Passos (MBPress)

Comente