As musas do carnaval

Paola Oliveira e Nivea Stelmann  fotos Arquivo MBP

Paola Oliveira e Nivea Stelmann / fotos Arquivo MBPress

Em época de carnaval, todo mundo vira musa. Umas, é preciso dizer, mais que as outras. As famosas que usam o corpo e o samba no pé para representar (e abençoar) as baterias, por exemplo, são destaques a parte das agremiações e desta época do ano. Nada mais justo, afinal, elas inspiram o coração das escolas.

A ex-miss Brasil Natália Guimarães é rainha de bateria da Unidos de Vila Isabel e chegou a ajudar na escolha do samba-enredo deste ano, “Neste Palco da Folia, é Minha Vila que Anuncia: Theatro Municipal - A Centenária Maravilha”. A escola não dá grandes detalhes sobre a fantasia da morena, mas escapa que ela será a “Deusa da Música”.

Paola Oliveira, que arranca suspiros dos marmanjos, foi eleita a rainha de bateria da Grande Rio. A escola, que tem no enredo uma homenagem ao ano da França no Brasil (Voila, Caxias! Para Sempre Liberté, Egalité, Fraternité. Merci Beaucoup, Brésil, não tem de quê), tem uma constelação no grupo. Paola, à frente da bateria, representará a aquarela do pintor francês Jean-Baptiste Debret. Na fantasia dela, portanto, muitas cores, cristais e penas de faisão.

Carlinhos Barzellai, responsável pela fantasia de Paola e outras famosas, conta que Susana Vieira estará impecável, como destaque do abre-alas da Grande Rio. “Ela vai usar um maiô com aplicações de ‘raios de sol’, todo em degradê, com tons de laranja e amarelo”. Beth Lago também estará no abre-alas, representando o Palácio de Versailles. Em outros carros, Myrian Martin, namorada do presidente de honra da escola, representará a era-robótica, e Monique Evans será a “gente guerreira da França”. No chão, Mônica Carvalho será o “Oceano”.

Mônica Carvalho  foto Arquivo MBPress

Mônica Carvalho / foto Arquivo MBPress

Carlinhos também cuidou dos detalhes da fantasia de Nívea Stelmann, rainha de bateria da Renascer de Jacarepaguá. O enredo da escola (Como Vai, Vai bem? Veio a Pé ou de Trem?) trata dos meios de transporte e a bateria representará os comandantes da aviação. “Nívea vem também como comandante, com a fantasia no mesmo estilo. Cheia de plumas desfiadas, cristais e ‘strass’ vermelhos, ela vai bater reverência aos ‘afilhados’”, conta Carlinhos.

Com o enredo “Uma odisséia sobre o espaço”, ninguém menos que Adriane Galisteu podia ser a rainha da bateria da Unidos da Tijuca. A loira já vem arrasando nos ensaios da escola e representará o “Sol” na avenida. Mais detalhes, só no dia do desfile.

Adriane Galisteu e Suzana Vieira  fotos Arquivo MB

Adriane Galisteu e Suzana Vieira / fotos Arquivo MBPress

A fantasia de Íris Stefanelli também é segredo. Madrinha de bateria da Leandro de Itaquera, de São Paulo, só se sabe que estará de vermelho e amarelo, as cores da escola que vai homenagear Regina Casé. O diretor de comunicação da Leandro, Emerson Nunes, está encantado com a menina, que inclusive está recebendo aulas de samba na agremiação.

Mas o desfile de estrelas não para por aí. Luma de Oliveira substituiu Adriana Bombom na Portela. A escola, romântica, tem como samba-enredo “E por falar em Amor, onde anda você?” mas não revela como será a fantasia da bela. Bombom vai agitar o carnaval em São Paulo, pela Tom Maior, e tem se preparado para representar uma deusa africana como madrinha da bateria. O samba-enredo da escola é “Uma nova Angola se abre para o mundo! Em nome da Paz, Martinho da Vila canta a liberdade!”.

A dançarina Gracyane Barbosa vai estar à frente da Mangueira, que tem como tema “Os Brasis do Brasil mostrando a formação do povo brasileiro”. Ela vai estar fantasiada de iguana estilizada, na cor verde é claro. A bateria estará de rosa, para formar então as cores da escola.

Gracyane Barbosa Íris Stefanelli e Luma de Oliveir

Gracyane Barbosa, Íris Stefanelli e Luma de Oliveira / fotos Arquivo MBPress

Viviane Araújo parece que já está em clima de carnaval. A morena não perde um ensaio da Salgueiro, mas a escola, dona do samba-enredo “Tambor”, não revela como a moça estará vestida (ou quase vestida) neste carnaval. Agora é esperar para conferir como essas - e outras tantas musas - vão brilhar nos sambódromos.

Adriane Galisteu e Natália Guimarães  fotos Arquiv

Adriane Galisteu e Natália Guimarães / fotos Arquivo MBPress

Por Sabrina Passos (MBPress)

Comente