"As Cariocas" estreia na Globo com Alinne Moraes

As Cariocas estreia na Globo com Alinne Moraes

Alinne Morais. Foto: divulgação/ Globo

A minissérie mais bela da televisão brasileira tem data para começar. E mesmo sem saber roteiro, história, contexto, ela já entra no patamar da mais bonita, sem dúvida. Isso porque reúne no elenco dez beldades do mundo da telinha. Reunidas pelo diretor Daniel Filho, dez mulheres tem em comum, além das curvas e sensualidade, o fato de morarem no Rio de Janeiro. A estreia de "As Cariocas" está marcada para esta terça-feira (19). E tem tudo para arrasar tanto quanto o time escalado.

Fernanda Torres é "Cris, A Invejosa de Ipanema": socialite casada com um homem mais velho e que mora numa casa com vista para o mar. Ela tem um amante médico, muito rico e tenta conciliar tudo com muito glamour, mas sofre de um pequeno mal: a inveja. Equilibrar desejos, negócios, amantes, maridos e o horário no salão de beleza pode ser muito mais complicado do que parece.

Cíntia Rosa é "Gleicy, a Internauta da Mangueira": mulata que vem das quadras de samba para mostrar a beleza escultural e a dedicação como esposa. O marido, vivido por Eduardo Moscovis, não gosta muito do trabalho dela, que vive no computador escrevendo teses e monografias. Mas parece que não é só isso. Muito bem casada, mantém as aparências de boa moça e excelente esposa. Virtualmente, no entanto, prova que é uma mulher maravilhosa.

Paola Oliveira é "Clarisa, a Atormentada da Tijuca": recém-divorciada, tem nojo dos homens. É uma mulher recatada e, por isso mesmo, acaba por se tornar um imã de cuecas. Ela dá cotovelada nos homens quando ouve uma cantada e tem tique nervoso ao ser paquerada num elevador.

Deborah Secco é "Alice, a Suicida da Lapa": achando a vida totalmente sem graça, a maluca acaba criando diversas facetas de si própria, como noiva, Colombina e até Bob Esponja. Só quem já sofreu algum desgosto pode entender o humor refinado desta moça envolvente que ainda não decidiu o que quer da vida.

Sônia Braga é "Júlia, a Adúltera da Urca": uma mulher muito bem casada e apaixonada por Cacá (Antonio Fagundes), e também amiga de Malu (Regina Duarte). Mas tudo vira de pernas para o ar quando conhece um novo homem, interpretado por Dalton Vigh, que mexe com todas as suas convicções. Ela descobre, então, que adora uma das coisas que mais desprezava: seduzir homens que não eram seu marido.

Grazi Massafera é "Michelle, a Desinibida do Grajaú": ex-gordinha e ex-moradora do Grajaú que tomou gosto pelo requinte da zona sul ao ganhar um concurso de beleza. O problema é que ela precisa voltar às origens e descer do salto alto para conviver com Wescley (Marcelo D2), um mecânico que sempre a teve como musa dos pagodes que compõe nas horas vagas.

Angélica é "Maria Teresa, a Traída da Barra": ela flagra a traição do maridão Augusto Cesar (Luciano Huck), na própria casa. Se levava uma vida perfeitamente satisfatória, agora resolve revidar na mesma moeda.

Alinne Moraes é "Nádia, a Noiva do Catete": a vida dela dá uma reviravolta quando seu noivo a defende de um assalto e acaba ficando paralítico. Cabe a ela tomar conta de Carlinhos e, ao mesmo tempo, manter a fachada de mulher ideal, mesmo dando suas escapadas. Apesar de noiva dedicada, Nadia não mostra ao amado o outro lado da sua personalidade: o de sedutora. Sua melhor qualidade é o altruísmo: adora fazer os homens felizes. "A Noiva do Catete" será o primeiro capítulo exibido.

Adriana Esteves é "Celi, a Vingativa do Méier": sofre com o descaso do marido, interpretado por Aílton Graça, com quem é casada há cinco anos. O problema: há mais de um ano, os dois não têm relações sexuais e Celi descobre o motivo. A vingança dela não vem com brigas, e sim com sabotagem ao marido.


Alessandra Negrini é "Marta, a Iludida de Copacabana": vive a necessidade de vender uma imagem perfeita. Casada, moradora da zona sul e com uma filha, passeia pelo calçadão, se irrita com a babá e lembra, ocasionalmente, da existência do marido Silvinho (Thiago Lacerda). Quando ele viaja, Marta descobre várias revelações dele por parte de seu amigo, interpretado por Eduardo (Eriberto Leão).

Por Sabrina Passos (MBPress)

Comente