As belas brasileiras em Pequim

As belas brasileiras em Pequim

Fernanda Oliveira e Isabel Swan/ Foto Divulgação

Além de fazerem bonito em Pequim por causa de suas habilidades esportivas, as atletas brasileiras chamam a atenção por sua beleza. Fernanda Oliveira e Isabel Swan, dupla do iatismo, atraem os olhares do público durante as provas não somente por seu desempenho. As atletas loiras, de cabelos lisos e em ótima forma estão entre as mulheres mais bonitas da delegação brasileira nesta Olimpíada.

Fernanda, gaúcha de 27 anos, mantém seus 51 quilos bem distribuídos em 1,61m de altura. Isabel, de 24 anos e formada em comunicação social, começou a velejar quando tinha oito anos. Dezesseis anos depois e com 1,80m de altura, ela defende o Brasil no iatismo.

Brasileiras em Pequim

Luiza Almeida/ Foto Ney Messi

Outra bela atleta é Luiza Almeida, de apenas 16 anos. A amazona, caçula do Brasil nos Jogos Olímpicos de Pequim, faz bonito quando entra em cena. Representante do país no hipismo, ela também é considerada uma das atletas mais bonitas. Com 1,68m e 55 quilos, Luiza participará de sua primeira Olimpíada, mas não vê problema na pouca idade. “Sobre a minha idade, nunca levei ela como uma coisa ruim, negativa. Muito pelo contrário, sempre achei super positivo, pois mostra que o trabalho e a dedicação são os fatores mais importantes para conquistar seus sonhos e não a idade ou a classe social da pessoa, por exemplo”, disse a garota.

Danielli Yuri

Danielli Yuri/ Foto Divulgação

Danielli Yuri, que faz parte da equipe brasileira de judô, representa as nipônicas tupiniquins. Com 24 anos e 1,60m de altura, ela precisa manter seus 63 quilos para não sair da categoria que disputa: peso meio-médio. Para isso, a atleta segue uma alimentação equilibrada, pratica corrida e musculação, além dos treinos diários de judô.

Já no Parque Aquático, as nadadoras Flávia Delaroli e Fabíola Molina prometem roubar a cena e mostrar que a equipe feminina do Brasil está com tudo na China.

Fonte - MBPress

Comente