Alcione perde 20kg por causa de doença - Entenda!

Saiba tudo sobre a doença de Marrom e a mudança de vida da cantora de 69 anos, que emagreceu 20kg!
alcione magra

Foto: Reprodução/Instagram

Às vezes, a vida nos dá aquele "chacoalha" que nos põe no lugar e nos força a mudar de hábitos e dedicar mais tempo e carinho para si. Foi isso que aconteceu com cantora Alcione, que está procurando uma vida mais saudável. A cantora, que foi submetida a um cateterismo no ano passado, entrou em uma dieta por orientação médica e, de acordo com a sua assessoria de imprensa, perdeu cerca de 20 quilos.


A eterna Marrom surpreendeu o público da Virada Cultural, neste domingo, ao aparecer no palco do Parque do Carmo com nova silhueta, mais disposição e o melhor e mais importante: com a saúde revigorada.

Em dezembro de 2016, a cantora foi internada por problemas cardíacos. Foi quando foi submetida a um cateterismo para desobstruir artérias e também à colocação de um stent, pequena prótese utilizada para evitar a obstrução de vasos sanguíneos. Por recomendação dos médicos, a cantora não apenas começou a fazer regime como também a praticar exercícios físicos.

Os resultados não serão apenas no físicos, como com certeza vão refletir na autoestima de Alcione. No Instagram, a cantora postou: "Mais um encontro, dessa vez inusitado, com minha amiga Fafá de Belém, nos palcos da vida! Obrigada a todos que, apesar da chuva, compareceram para nos ver no Parque do Carmo, parte da programação da Virada Cultural!",disse na rede social.

Nos comentários da imagem, os fãs elogiaram as novas curvas de Alcione: "Tá magérrima", " "Como você emagreceu... parabéns!!!" e "Nossa que exemplo bonito, força de vontade te deixou saudável e elegante... Parabéns!"

A mudança no caso de Alcione foi completa e por uma boa causa. Quando nos cuidamos, principalmente da saúde, os resultados são muito mais satisfatórios e significantes! 

Entenda o cataterismo

cateterismo

iStock-megaflopp

O que é cataterismo?

Cateterismo cardíaco é um procedimento que tem por objetivo detectar a existência e a gravidade de obstruções nas artérias do coração, além de checar as alterações no funcionamento das válvulas e do músculo cardíaco. 

Em quais casos o cateterismo é indicado?

Em mais de 80% das vezes, ele é indicado para o diagnóstico da doença arterial coronaria (angina e o infarto) por ser essa a mais frequente. Entretanto, indica-se o cateterismo também para o diagnóstico das doenças das válvulas (como estenoses e insuficiências mitral e aórtica), músculo cardiaco (miocardiopatias) e doenças congênitas (defeitos no desenvolvimento do coração).

Como funciona o exame?

No cateterismo, o médico cardiologista intervencionista insere um cateter (tubo fino) no vaso sanguíneo pela virilha, punho ou antebraço, até chegar ao coração. Não há cortes, o cateter é inserido através de uma punção. Para visualização das artérias coronárias e das câmaras cardíacas são feitas injeções de contraste iodado. O especialista acompanha o exame por meio de imagens obtidas por emissão raio-X e digitalizadas. Ao final, o cateter é removido e é feito o curativo. Todas as imagens são gravadas em um CD que é entregue ao paciente no final do procedimento.

Comente

Assuntos relacionados: Thamirys Teixeira