Casais famosos desfeitos em 2010

Casais famosos desfeitos em 2010

Claudia Raia e Edson Celulari. Foto: divulgação/ Globo

O ano que acaba hoje leva com ele muitos casais que começaram juntos, mas se desmancharam antes de 2010 terminar. A gente até lembra os belos casamentos do ano, como o de Adriane Galisteu e Alexandre Iódice, que oficializaram a união em novembro, ou de Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank, que subiram ao altar em março. Mas nunca se viu tantas separações como esse ano.

Aqui no Brasil, o lamento maior fica por conta de Claudia Raia e Edson Celulari - já que ninguém achava que o casal um dia se separaria, após quase 20 anos juntos. Quem também assustou ao anunciar a separação foi o casal Sthefany Brito e Alexandre Pato, que casou no maior clima de conto de fadas, em 2009 e, menos de um ano depois, rompeu - com direito à briga judicial e tudo!

O santo casamenteiro atacou em 2010 até as que já eram bem casadas. Danielle Winits se separou de Cássio Reis para ficar com Jonatas Faro, de quem engravidou rapidinho. Os dois apressadinhos já se casaram.

Quem também não fecha o ano junto é Madonna e Jesus Luz. O queridinho da diva pop perdeu a majestade de vez! Mayana Moura e Otto, assim como Maria Paula e João Suplicy também não passarão o Réveillon juntos...

Viviane Sarahyba e Dado Dolabella se casaram no final do ano passado mas se separaram já em 2010. Depois de jurarem amor eterno, o fim da relação foi marcado por denúncias de agressão. Feio, hein? Mas não pense que só por aqui esse tipo de babado rola forte. Fora do Brasil, violência doméstica e traição levaram muitos casais a se separarem. Mel Gibson estampou os jornais com suspeita de agressão à esposa, Oksana Grigorieva. Jordan Bratman também ficou em maus lençóis depois dos boatos de que teria agredido Christina Aguilera. Charlie Sheen foi acusado de violência doméstica contra Brooke Mueller e o casamento de dois anos acabou rendendo uma pensão do equivalente a R$ 100 mil por mês para Brooke!

Quando o assunto é traição, o nome do ano com certeza é Jesse James. Ele era casado com a vencedora do Oscar, Sandra Bullock, que descobriu o caso do marido com Michelle McGee. Ele não teve como negar e ela não perdoou. Tiger Woods sabe bem o que é não ser perdoado e passou por maus bocados depois da pulada de cerca ser descoberta.


Ben Harper e Laura Dern ficaram juntos por cinco anos, e na hora de assinar os papéis, alegaram a famosa justificativa: "diferenças irreconciliáveis". Halle Berry e Gabriel Aubry passavam por uma grande crise no casamento quando também decidiram se separar. Mas a separação mais lamentável aos nossos olhos talvez seja do casal mais sexy de 2010: Ryan Reynolds e Scarlett Johansson. Lindos de morrer, os dois se separaram depois de dois anos de casamento. Hollywood perdeu um casal de fazer inveja... Ainda bem que Brad e Angelina continuam firmes e fortes, juntos!

Por Sabrina Passos (MBPress)

Comente