Acordo pré nupcial de Angelina Jolie e Brad Pitt prevê traição

Angelina Jolie Brad Pittcasamento

Foto - Shutterstock

O casamento de Angelina Jolie e Brad Pitt foi repleto de amor e votos de confiança. Mas a cautela quanto ao "dia de amanhã" continuou entre o casal, que demorou 9 anos para oficializar sua união.

Antes de trocarem os votos, Angelina Jolie e Brad Pitt entraram em acordo sobre um contrato pré-nupcial, segundo informações do "Radar Online".

O pacto foi encorajado pelos advogados dos dois e inclui uma cláusula que garante a atriz passar a maior parte do tempo com os filhos do casal caso o ator a deixe por outra pessoa.

"Se Brad tiver algo sério com outra mulher enquanto eles estiverem casados Angelina terá a custódia caso eles se separem", contou a fonte do site. O casal "disse que ter um acordo pré-nupcial é a melhor forma de proteger seus filhos". Brad e Angelina dispõem de um patrimônio líquido total de US$ 425 milhões, sendo US$ 240 milhões de Brad e US$ 185 de Angelina.

De acordo com os termos do contrato, cada um sai do casamento com os milhões que trouxe por conta própria, enquanto tudo o que construíram enquanto casados será aplicado em um fundo para seus filhos, onde o dinheiro será dividido em seis partes.

Além do acordo pré-nupcial, o astro e a estrela deixaram especificada a sua vontade de destinar a maior parte de suas economias e propriedades para os filhos (Maddox, Pax, Zahara, Shiloh, Knox e Vivienne).

Eles também irão destinar fundos "para orfanatos em cada um dos países em que as crianças foram adotadas" - Vietnã, Camboja e Etiópia. Outras instituições de caridade que estão programadas para se beneficiar da vontade dos dois são de pesquisa sobre o câncer.


Por Vila Mulher

Comente

Assuntos relacionados: brad pitt angelina jolie traição