Você viveria um romance à distância?

amor à distância

Você viveria feliz com um amor à distância? Foto: © Design Pics/Corbis

Quem está junto de alguém há algum tempo sabe como é viver a dois. Nem sempre é fácil, mas sempre vale a pena quando há amor, tesão e aquela vontade de fazer dar certo. Do mesmo jeito que viver sob o mesmo teto é gostoso e estimulante, isso pode gerar algumas diferenças e atritos. Isso nos faz pensar em como seria um namoro à distância.

Apesar da saudade e das inseguranças de não ter a pessoa sempre ao lado, há quem diga que é exatamente aí que estão as vantagens que compensam. Nesses casos, a distância se transforma em um tempero especial.

Você teria mais tempo para você mesma, e toda vez que fosse encontrar seu homem seria como entrar numa outra dimensão, vocês estariam cheios de saudades e teriam tantos assuntos para conversar e tesão acumulado que nada poderia ser melhor, certo?

Essa sensação pode parecer boa, mas mesmo com todos esses aparentes benefícios não é o tipo de relacionamento que dá certo para qualquer pessoa, pois da mesma forma, que mantém você atraída pode acontecer o efeito contrário, o do desapego total.

O grande lance é experimentar, mas é necessário um desprendimento e uma confiança muito grandes, do contrário a experiência pode ser um desastre para ambos. A pessoa precisa ser segura para entrar num amor que vive tempos solitários e separados por distâncias, precisa sentir-se bem consigo mesma e saber muito bem o que quer. Mas como somos românticas, ainda acreditamos que quando tem amor nada pode impedir nem mesmo um oceano, viva o que tem que ser vivido, seja lá como for.


Por Giseli Miliozi

Comente

Assuntos relacionados: relacionamento sexo amor namoro à distância