Violência doméstica - o drama de mulheres atacadas com ácido

Violência doméstica

Ganhador do Oscar 2012 de Melhor Documentário Curta, o filme "Saving Face" conta a história de duas mulheres que foram vítimas de violência doméstica e tiveram suas vidas abaladas por conta de ataques com ácido sobre o rosto, e também do cirurgião plástico Mohammad Jawad, que trabalha reconstruindo o rosto dessas vítimas. Para se ter uma ideia da gravidade dessa situação, só no Paquistão são registrados cerca de cem casos do gênero.

O líquido é capaz de desfigurar os traços da pessoa, como nariz, olhos, boca e orelhas. Zakia, 39 anos, uma das mulheres entrevistadas, conta que pediu o divórcio e que dormia quando seu marido despejou ácido sobre ela. E Rukhasana, 23, também tentava se separar quando o marido, com a ajuda da família dele, lhe atacou com ácido e a obrigou a se reconciliar.


O documentário, fruto de uma parceria entre a jornalista paquistanesa Sharmeen Obaid-Chinoy, que trabalha em Karachi como correspondente de televisão para canais na Europa, e o cineasta Daniel Junge, ainda não tem data para estrear por aqui. Nos Estados Unidos, "Saving Face" vai estrear na próxima quinta-feira (8), no canal HBO.

Por Juliana Falcão (MBPress)

Comente