Uma em cada três mulheres sofre violência conjugal

Dados são de uma pesquisa feita pela OMS
violência-conjugal

Foto - © 3photo/Corbis

Uma pesquisa da OMS (Organização Mundial da Saúde) traz um dado alarmante. Uma em cada três mulheres sofre violência doméstica no mundo inteiro.  A pesquisa constatou ainda que o número de mulheres que sofreram mutilação genital está entre 100 e 140 milhões no mundo inteiro.

O estudo mostrou também que 7% da população feminina corre o risco de ser estuprada ao longo da vida.  Para a OMS, um dos fatores que eleva esses números são os conflitos e as crises humanitárias, como as guerras, que acontecem ao redor do mundo.

Apesar de vários países e instituições estarem lutando para diminuir esses dados, a situação ainda é precária e assustadora. Para o órgão, cabe aos políticos, médicos e doadores reservarem mais investimentos para combater a violência contra as mulheres.  Esse tipo de violência é um grande problema para a saúde pública também, sendo considerada um retrocesso no desenvolvimento de qualquer país.

A OMS acredita que uma alternativa para baixar esses dados é criar leis fundamentadas na saúde e segurança das mulheres, que previnam e punam severamente agressores. Outro ponto a ser difundido e evoluído é a educação e os estudos, já que muito dessa violência acontece por falta de informação, preconceito e discriminação de gênero.


Comente