Um Samuel para chamar de seu.

Muitas vezes me pego em meio a questionamentos: por que estou com o Samuel há quase sete anos? O que me faz querer dormir e acordar todos os dias com o mesmo homem? Por que eu morro de ciúmes dele e mostro os dentes para as assanhadas que se aproximam? Qual o motivo de eu não querer que ele saia da minha vida nunca?

Bom, as respostas não são óbvias. Muito pelo contrário. Olhando à primeira vista, eu teria milhões de motivos para não estar com ele. Em primeiro lugar, o Samuel é 16 anos mais velho que eu, o que muitas vezes gera uma porção de conflitos de interesses, principalmente em relação à vontade de ter mais filhos e dos planos para o futuro. Em segundo lugar, o Samuel não é nenhum Paulo Zulu. Ele diz que é feio, mas não dá a mínima para isso, já que o Mick Jagger comeu a Luciana Gimenez. Em terceiro lugar, o Samuel vive pendurado no cheque especial e me enche a paciência com o dinheiro que eu gasto no salão de beleza ou com roupas, com uma conversinha muito fiada de que eu não preciso fazer esse tipo de investimento, mas, se eu assim não o fizesse, quem já tinha largado alguém há muito tempo era ele.

Por outro lado, quando eu acordo de manhã com ele me levando uma xícara de café novinho, que ele fez especialmente para me acordar (até mesmo porque ele não toma café quando acorda), levando junto um pãozinho com manteiga na cama só para me dengar, eu me derreto toda. Não existe coisa melhor do que quando eu estou de TPM e ele faz uma massagem nos meus pés, mesmo reclamando que detesta se lambuzar de hidratante. Tem dias que estou com preguiça e ele penteia o meu cabelo, cuidando de mim como se eu fosse a sua bonequinha. O olhar apaixonado que ele me dá quando estou cantando, declamando e/ou dançando, enquanto ele, que é super-tímido, fica sentando, não tem dinheiro no mundo que pague. Ele me carrega no colo quando estou doente e super valoriza as minhas crises de depressão, deixando bem claro que eu sou a coisa mais importante na vida dele, e por mim ele matava e morria. Existe coisa melhor?

Bom, falei tudo isso para dizer que estou pensando em três amigas minhas. Não vou dizer os nomes delas por discrição, mas quem as conhece e elas próprias saberão de quem estou falando. Uma é a mãe da namorada do meu filho, a outra é uma magrela capoeirista muito atrevida e a terceira comeu lama por minha causa. Quero que cada uma delas arrume um Samuel para chamar de seu.

Tenho certeza de que se as três pararem de perder tempo com os garotões metidos a besta ou com os caras que, por serem bonitos, se acham o último biscoito do pacote, elas terão infinitas chances de serem felizes. Basta dar uma chance ao cara legal, aquele que geralmente fica largado num cantinho da festa porque as bobas das mulheres estão perdendo tempo com os canalhas.

Mulheres reclamam demais que homem está em falta no mercado. Eu discordo. Acho que se as minhas amigas souberem escolher, em pouco tempo elas terão um Samuel para elas, e eu vou ficar feliz da vida!

Comente

Assuntos relacionados: massagem tântrica