Sou uma MADA

Talvez o título pareça até envolvente: Mulheres que amam demais, mas quando se passa à prática, tudo o que parecia flores vira um pesadelo e você, que ama demais o próximo, esquece de se amar e se torna uma pessoa irritante, deprimida e completamente desnorteada.

Descobri que sou uma MADA a pouquíssimo tempo e já estou tentando reverter esse quadro. Tenho um relacionamento de 5 anos, que me trouxe uma filha linda, mas no quesito homem e mulher nós sempre deixamos muito a desejar. Eu o amo enlouquecidamente, esse é mesmo o termo, pois o que sinto já se tornou algo patológico e que toma conta de mim e me destrói por dentro. Sinto falta de um amor tranquilo, da paz e da confiança de certos relacionamentos.

Queria demais tê-lo ao meu lado, mas vejo que cada vez isso se torna mais longe e difícil; trago em meu peito a angustia e a culpa de não ter feito o homem que mais amei sentir algo por mim....

Estou doente e preciso me curar, talvez algumas de vocês possam compartilhar histórias semelhante e me ajudar a sair dessa!

Comente