Solidariedade feminina

Solidariedade feminina

Imagina essa cena: você entra em um banheiro de um bar e vê uma desconhecida chorando e falando sobre um ex, um futuro, um quase ex - enfim - um cara que anda fazendo ela sofrer. Com certeza você vai parar para dar uma ajuda e não vai ser a única.

Outro caso: sua amiga tomou um pé na bunda e liga pedindo pra você dar aquela força para ela e ir junto numa balada. Não importa o quanto cansada você esteja, você vai e se bobear vai beber e xingar junto com, ela. Em momentos de sofrimento, por causa de homem, uma mulher está sempre pronta para ajudar outra- seja ela desconhecida ou amiga. Mas por quê? Acho que dá para chamar de ‘solidariedade feminina’.

Para Mariana Souza o motivo é simples: "a gente sabe como dói sofrer por amor. Todas já passamos por isso e a gente sabe também como a ajuda das amigas é importante!". Para Carolina Rocha é quase automático, a gente vê alguém precisando de ajuda e nem pensa, ta lá para dizer palavras reconfortantes. "Acho que mulher encara isso quase que como uma obrigação!", diverte-se.

E você, o que pensa disso? Acha a ajuda das amigas imprescindível em momentos como esse? Está sempre pronta para ajudar qualquer mulher em um momento pós pé na bunda?

Por Larissa Alvarez

Comente