Relacionamentos difíceis - casos da comunidade Vila Mulher

Relacionamentos difíceis

A vida a dois às vezes passa por situações que a gente menos imagina. É nessas horas que desabafar e ter paciência faz muita falta. A comunidade Vila Mulher aproveita para contar e compartilhar as suas angústias no Fórum e no Termômetro da Relação, uma forma de se sentir mais aliviada depois dos toques e conselhos das amigas virtuais.

São casos de mulheres traídas ou que sentem atração por outros homens, casais que caíram na rotina e maridos distantes - alguns deles que passam o dia inteiro no trabalho e não querem saber de casamento.

Uma participante, que não se identifica, conta sua dificuldade em saber que seu marido tem um filho com outra mulher. “Eu o perdoei. Mas tem manhãs que acordo e fico pensando, eu confiei, dei liberdade, sempre fui boa mãe, boa esposa e muito boa amante, por que isso?”.

Mulheres que estão acima do peso também contam como a falta de auto-estima interfere diretamente na freqüência das relações sexuais. Uma delas sente vergonha de mostrar o próprio corpo, mesmo depois de cinco anos de casamento. É nessa hora que muitas encontram casos semelhantes, mais do que isso motivantes:

“Sabe como eu dei a volta por cima? Guardei dinheiro, fiz uma escova definitiva, emagreci, e comecei a inventar passeio com ele e as crianças em todas as folgas dele. Desde que fiz isso, ele passou a me notar mais. Hoje em dia a briga é por ciúmes que ele tem de mim”, conta.

De acordo com o psicólogo Alexandre Bez, o grande problema dos relacionamentos modernos está no fato de que as pessoas não estão mais pensando com o coração.

Bez afirma que a falta de paciência entre o casal é o grande responsável por brigas e, conseqüentemente, a falta de diálogo. Outro fator é acomodação na relação. Os dois acham que está tudo bem e se esquecem de pequenos detalhes que fazem a diferença, como conversas diárias, fazer as refeições juntos e cultivar atividades em parceria.

A falta de dedicação também é citada pelo psicólogo. "Um simples beijo amoroso de bom dia trás efeitos proveitosos numa relação, causa estabilidade e gera confiança e cumplicidade". O romantismo, que tem sido esquecido principalmente pelos homens, pode fazer com que a outra metade se interesse por outra pessoa. "Ele é essencial para a relação", completa Bez.

Veja também - O desafio dos relacionamentos!

Por Juliana Lopes

Comente