Quando a mulher ganha mais que o homem

Quando a mulher ganha mais que o homem

É cada vez mais comum mulheres ganharem mais do que seus namorados ou maridos. Mas mesmo em um mundo onde isso não é novidade, muitos homens ainda não se sentem confortáveis com essa situação e o motivo para isso é mesmo uma questão cultural.

O Palestrante e Consultor Financeiro Erasmo Vieira conta que já atendeu diversos casais nessa situação e que já viu vários se separarem por não lidarem bem com isso. "Entendo que os casos de sucesso foram resultados de muitas conversas e definições de papeis. O que foi combinado é muito melhor resolvido".

Quando se trata de um casal que vive junto, para Erasmo, a melhor solução é não separar o dinheiro dos dois, de acordo com ele a melhor atitude quando se fala de finanças do casal é conta conjunta, assim não existe dinheiro de um ou de outro, mas sim o dinheiro do casal, os compromissos do casal e os sonhos em conjunto da família. "Lógico que no planejamento do casal pode ter o valor X para Mariazinha torrar e o valor X para o Joãozinho torrar, deste que tudo esteja dentro do orçamento. Mais uma vez, o segredo é combinar".

Começar uma relação com alguém que ganha bem menos do que você também pode ser complicado. O consultor lembra que um grande erro é esconder esta situação, já que isto pode gerar problemas no futuro. "Muitas vezes é necessário falar não. Já vi mulheres com muitos problemas com esta situação. Nada contra se oferecer para pagar, contudo não queira viver em uma situação que você não vai suportar muito tempo".


Uma solução encontrada por muitas mulheres para agradar os homens é sugerir programas mais baratos, que eles possam arcar e assim se sentirem mais confortáveis, mas Erasmo lembra que isso pode trazer um desconforto para a própria mulher. "Se ela já está acostumada com um tipo de roupa, um local de sair fica muito difícil buscar sempre os programas mais baratos".

Por Larissa Alvarez

Comente