PORQUE OS HOMENS TRAEM???

Sempre há uma desculpa para as escapadelas masculinas, e quase todas as justificativas culpam a mulher. Seja por falta de carinho, falta de atenção, falta de afeto. O fato é, nenhum homem pára pra pensar que se as suas companheiras os fossem trair cada vez que estivessem insatisfeitas, aumentaria a matéria prima pra fazer berrantes porque a quantidade de chifres que cada homem carregaria seria de dar inveja ao próprio Belzebú! rs...

Trocando em miúdos, mulheres traem menos, ou conseguem ser mais contidas em relação aos seus desejos e vontades. As suas necessidades sexuais quase sempre estão ligadas as emocionais, ao contrário do sexo oposto. A maioria dos homens trai sem ter motivos aparentes, até mesmo tendo a mais bela das mulheres, mas POR QUE? Como animais, somos movidos por instintos e a poligamia é um instinto nato de perpetuação da espécie. Trair é como se reafirmar no topo da cadeia como macho dominante, "o grande reprodutor da raça".

No entanto, para a felicidade da massa feminina, nem todos os homens são adeptos dessa prática, porém, nem mesmo estes estão exclusos de cometer tal fato, principalmente se tiverem histórico de baixa auto-estima. Pessoas com falta de amor próprio buscam satisfazer seu ego nas conquistas amorosas para se sentirem mais confiantes. Mas calma mulheres, homens poligâmicos não são de todo tão ruim... Pesquisas comprovam: os traidores acabam tornando-se pais mais atenciosos, maridos mais amorosos e até profissionais com uma elevação no coeficiente de sucesso. Isto explica-se porque para algumas pessoas trair fortalece o ego e restaura a auto-confiança devolvendo, de certa forma, a autonomia a sensação de controle e poder em suas vidas.

Eu diria que de certo modo, a traição pode ser a peça chave para salvar um relacionamento desgastado pelo tempo. Mas está, como toda a moeda, tem dois lado. Vamos explanar o primeiro ponto de vista:

* Traição como válvula de escape para os problemas: Paulo é casado com Joana há 15 anos. Tem 3 filhos, uma linda casa, um pequeno negócio, uma situação financeira estável. Joana não trabalha. Fica em casa cuidando da família, a responsabilidade de sustento da casa recai sobre Paulo. O ser humano tem necessidades básicas inerentes que até o final de sua vida, procurará satisfazê-las, ainda que inconscientemente.

São elas:

1- Necessidade de afeto

2- Necessidade de atenção

3- Necessidade de sentir-se aceito

4- Necessidade de auto realização

5- Necessidade de satisfazer o ego

6- Necessidades sexuais

Voltemos ao Paulo... Imaginando que ele antes de casar, era um rapaz feliz, festeiro, adepto a bagunças e mulheres. Quando casou, se viu obrigado a confinar-se em um trabalho enfadonho que não satisfazia a sua quarta necessidade. Como em tudo que é novidade, ele se dispos a insatisfação inicial por enxergar apenas os benefícios. Com o passar o tempo, os problemas, os filhos, a esposa tende a se ausentar da posição de mulher e assume a posição de mãe, do lar, dos filhos e até do esposo (erro fatal) .

Quando isso acontece, Paulo se sente frustrado e insatisfeito. Começa a procurar distrações fora de casa.

Este, é o motivo mais comum pelo qual pessoas traem. Não por de fato serem infiéis, não por vontade própria de procurar parceiros sexuais em cada esquina; simplesmente por encontrar alguém que corresponda seus desejos em um momento de insatisfação e inconformismo com sua posição de vida atual. Isto não significa, necessariamente, falta de amor pelo parceiro(a), mau carácter ou desgostos pelas atitudes e comportamentos. Pode simplesmente não faltar nada, e este seja o motivo culminante: a falta de novidade na relação ( o desgaste natural causado pelo tempo).

*Traição como meio de satisfazer frustrações emocionais ou problemas psicológicos:

Pessoas que carregam frustrações emocionais de cunho psicológico, traumas de infância ( e as vezes nem sabem), (assunto que abordarei a seguir, perfil do traidor de acordo com fatos ocorridos na infância) são os que chamo de traidores natos. Vão trair sempre, a tudo e a todos sem motivo nem razão aparente. O que vai mandar é a vontade; e as vezes mesmo sem vontade, apenas tendo a oportunidade, irão trair. O ser humano com este perfil não cria vínculos nem laços extensos. Por mais que case, que ame, suas relações nunca terão a densidade esperada... Sempre será superficial. Buscará exercer uma relação de hierárquia onde ele manda, e todos obedecem. Trairá descaradamente sem a consciência pesada.

Dentro desses dois perfis, ainda existem outras sub-classificações que vou colocar em outro post pra esse não ficar muito extenso.

Tanto um perfil quanto o outro, acarreta dor e prejuízo emocional para o parceiro envolvido. O pior defeito de quem trai é imaginar que nunca será traído. Graças a Deus, o mundo é um circulo e uma hora temos retorno de tudo o que fazemos, é a ordem do universo...

Por isso que sou adepta da teoria: " O que os olhos não vêem, o coração não sente ... rs... Quem quiser me trair, que faça bem longe dos meus olhos, porque se eu ver, a conversa é outra... rsrsr...

CONTINUA...

Comente

Assuntos relacionados: traição homem