Pesquisa diz que voltar com o ex pode ser errado

Pesquisa aponta problemas em manter um namoro com idas e vindas
ex-namoro-casal-pesquisa

Foto - Shutterstock

Sabe aquela história de que “figurinha repetida não completa álbum”? Uma pesquisa feita pela Florida State University parece concordar. O estudo ouviu 979 pessoas com menos de 26 anos e concluiu que não vale a pena voltar a um relacionamento com o ex. Ou seja, aquele namoro iô-iô é uma grande furada. 

Os participantes da pesquisa responderam a questionários sobre duração, expectativa, confiança e outras características do relacionamento. Os resultados colocaram 40% das pessoas em relacionamentos em relações “cíclicas”. Segundo o levantamento, por mais que o namoro iô-iô seja mais longo, o casal segue a tendência de ser mais impulsivo em momentos de decisão, como morar juntos, casar e ter filhos. O estudo ainda identificou que as pessoas com esse tipo de relacionamento têm a auto-estima baixa, são menos satisfeitos com o parceiro, têm menos comunicação com o outro e confiam menos na relação. 

Por mais que conhecer o outro possa parecer um ponto decisivo para voltar o namoro ou casamento, pense bem antes de tomar essa decisão. As qualidades do parceiro continuarão as mesmas, mas os defeitos também. É preciso refletir sobre aquilo que deu errado na relação e se realmente vale a pena retomar o namoro, mesmo com os mesmos pontos negativos e as chances de apresentar os mesmos problemas. Se pintar a dúvida, releia o estudo da Florida State University e repense. Agora a decisão pode ser embasada em uma pesquisa!


Por Ana Gissoni

Comente

Assuntos relacionados: namoro iô iô pesquisa