Pequenas atitudes para o amor crescer

Pequenas atitudes para o amor crescer

Manter um relacionamento longo e saudável é algo difícil. Por isso, saber de alguns cuidados importantes pode ajudar nessa tarefa. Entre as principais recomendações estão respeito e companheirismo.

Segundo a consultora amorosa Erica Queiroz, para fazer o amor crescer é preciso respeito, incentivo ao parceiro e companheirismo. "Muitas pessoas só olham para si mesmas e não se preocupam com os anseios e necessidades de seus parceiros. Quando você pensa no outro e se coloca no lugar dele, a coisa toda flui mais naturalmente, com mais compreensão, as brigas diminuem e a relação fica mais harmoniosa", opina a consultora. Erica lembra: "Sem harmonia os relacionamentos não evoluem".

Não importa há quanto tempo estão juntos, sempre há maneiras de surpreender o companheiro. A consultora compara o amor a uma planta que precisa ser regada diariamente. "Se você prestar atenção aos sinais do outro, saberá do que ele gosta, do que ele precisa (e não estou falando de coisas materiais) e assim, poderá se antecipar e surpreendê-lo diversas vezes, não importando o tempo em que o casal está junto", afirma Erica.

A banalização da frase "eu te amo" não é recomendada. A consultora recomenda que ela não seja repetida de forma mecânica, como se fosse um simples "bom dia". Erica diz: "É melhor declarar menos, mas realmente sentindo uma forte emoção no momento. Lembre-se: atitudes valem muito mais do que qualquer palavra".

Um dos fatores que fazem o amor crescer é a parceria. "Porque é sempre bom saber que há alguém com quem você realmente possa contar, tanto para os bons, quanto para os maus momentos", justifica a consultora. "Não é ficar grudado, mas, sim, ter alguém para te apoiar em qualquer situação. Só assim um casal cresce e, consequentemente, o amor também", completa.

Ter um bom diálogo é fundamental para um relacionamento, ao mesmo tempo em que é consequência dele. Falar sobre qualquer assunto com o parceiro, segundo a consultora, faz com que nós nos coloquemos no lugar do outro com mais frequência e nos ajuda a tomar decisões. "Com o tempo, o casal, muitas vezes, se fala só pelo olhar. Além disso, se você disser que algo te aflige, o outro vai saber que você está com um problema e respeitar o seu espaço. Do contrário, pode achar que o seu problema é ele!", alerta Erica.

A consultora diz que embora seja saudável falar sobre qualquer assunto com o companheiro, é preciso cuidado na hora das críticas: "Tem que ter jeitinho para falar. Não pode impor, tem que sugerir algo com clareza, sem reclamar. Se você reclama, a outra pessoa já se enche de defesas e pode ficar com raiva de você". Se a crítica parecer uma reclamação, as chances dele não te dar ouvidos são enormes. É necessário dar explicações e sugestões de mudanças, criticar por criticar não ajuda a evoluir.


Para que o amor não deixe nunca de crescer o respeito é fundamental. "Para isso, basta lembrar aquela regrinha básica: não faça aos outros o que não gostaria que fizessem com você. Mostre real interesse pela vida de seu parceiro. Compartilhe todos os momentos. Seja companheira. Seja uma verdadeira parceira!", finaliza a consultora.

Por Bianca de Souza (MBPress)

Comente

Assuntos relacionados: relacionamento amor e sexo amor