Os casamentos aumentaram segundo IBGE

Os casamentos aumentaram segundo IBGE

Foto: Getty Images

É curioso. Todo mundo reclama de casamento, costuma-se dizer que o casamento estraga o romance, que acaba com a graça do sexo, etc. Porém, uma pesquisa feita pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) comprovou que as pessoas estão casando mais.

Em 2010, foram registrados 977.620 matrimônios, um aumento de 4,5% em relação a 2009, de acordo com as estatísticas do Registro Civil, divulgadas no final de novembro de 2011, pelo IBGE.

Qual a explicação para isso, já que o casamento é chamado de "instituição falida" por muitos. Uma das respostas pode estar na fé do brasileiro no amor. Casar pode ser a vontade interminável de provar que o amor sempre vence. Essa opção parece ser romântica demais. Será?

As pessoas estão se casando mais tarde, tenho filhos mais tarde. E isso também facilita as coisas, pois estando mais maduros, e mais conscientes, o homem e a mulher devem se entender mais, ou melhor, eles têm, mais paciência entre si. Mas nada disso vale como regra na vida prática.

Qualquer desarmonia ou desentimentos que possam acontecer, o que inclui ataques de ciúme e insegurança, podem acometer pessoas de qualquer idade e classe social. O que está sendo analisado é a estatística e como todo índice tem variáveis. Estamos falando de relacionamento, portanto, nada é linear.


Acho que toda essa discussão apimenta ainda mais esse tema tão antigo quanto a humanidade, que é o fato de continuarmos procurando a tal da felicidade e o amor, e suas variadas formas. Seja ele casamento, seja morar junto, seja namorar, seja amizade colorida, seja qualquer ligação que nos dê alegria e um pouco de leveza.

Nas redes sociais, a maioria concorda que casar é bom, e que vale a pena, em cada tropeço. Alguns dizem que casamento só estraga tudo, e assim vamos tentando. Então só nos resta medir os índices para saber os números, pois o resto varia a cada dia como o clima brasileiro.

Por Giseli Miliozi

Comente