O charme dos homens “gastrosexuais”

O charme dos homens “gastrosexuais”

Dizem que mulher no volante é perigo constante e homem na cozinha merece cuidado redobrado? Olha que muitos marmanjos têm conquistado suas mulheres pelo estômago: e elas adoram. São os chamados homens “gastrosexuais” que, além de cozinhar bem, usam o dom para ganhar de vez a mulherada.

“Pilotar fogão” agora é coisa de macho galanteador, foi o que constatou uma pesquisa do Future Foundation, instituto britânico que ouviu mil homens no Reino Unido e mostrou que 48% dos entrevistados afirmam que a habilidade na cozinha os torna mais atraentes para as mulheres.

O cozinheiro de eventos Renan Carvalho, de 19 anos, diz se interessar pela cozinha desde criança, quando ajudava a avó a preparar pratos para a família. Já grandinho, procurou um curso especializado e hoje cursa o quarto semestre de gastronomia em uma faculdade conceituada. Para ele, um bom prato pode ajudar em uma conquista, mas não faz milagres. “Considero cozinhar uma arte e assim como todas as outras artes existem seus admiradores, logo nada me impede que eu conheça alguma mulher que aprecie a gastronomia”, afirma.

Ele conta ainda que, certa vez, foi a uma pequena reunião na casa de uma amiga e levou um petit gateau, feito por ele, “para não chegar de mãos abanando”. Deu certo. “Acabei ficando com uma das garotas da festa. Não sei dizer se eu a conquistei exclusivamente pelos dotes gastronômicos, mas com certeza ajudou um bocado”, conta.

Com os empresários Janaína Marquesini, de 27 anos, e Rafael Abicair, de 31, a história foi ainda mais longe. Ela conta que sempre adorou comer bem, mas que não tem a menor paciência para cozinhar. É claro que o rapaz aproveitou a deixa. “Ele preparou um jantar maravilhoso para mim logo no começo do nosso namoro, com uma receita de frutos do mar de sua própria criação. Fiquei espantada com o capricho, é claro que foi cativante. A escolha do prato também me atraiu, já que ele não é muito fã de peixe e optou pelo cardápio só para me agradar”, derrete-se Janaína. Hoje eles estão casados há três anos e Rafael continua se aprimorando na arte de cozinhar. Apesar de nunca ter estudado nada, sempre assiste a programas de culinária e lê sobre o assunto. Mas depois de tanta dedicação, quem é que arruma a cozinha? “Infelizmente eu. Ele destrói a cozinha, parece que passou um furacão”, afirma a moça.

No final das contas, deve mesmo haver um motivo especial para as mulheres gostarem tanto dos chefs. Na opinião de Janaina, os homens que se dão bem com a cozinha são mais sensíveis. “Além disso, eles têm um bom gosto que é exibido não só na culinária como também em outros setores, como decoração, por exemplo. São coisas que mulher adora e homem não repara”, afirma. Renan finaliza: “Mas elas gostam tanto assim?!”. Nós respondemos em alto e bom som: adoramos!

Fonte - MBPress

Comente