O amor é mesmo cego

O amor é mesmo cego a ciência explica

A amor deixa você cega para todas as outras belezas, e te hipnotiza, ciência explica. Foto: © the food passionates/Corbis

Segundo cientistas da Universidade da Flórida, as pessoas tendem a não enxergar os rostos bonitos e as tentações por aí quando estão amando. Homens e mulheres descartam qualquer tipo de possibilidade de fixar o olhar e em belos rostos, e tudo não passa de uma coisa muito simples, portanto, o amor é cego mesmo, meninas.

Apesar de um pouco vago, o resultado é no mínimo, muito romântico. Fizeram parte do estudo, 113 homens e mulheres que tiveram sua atenção medida da seguinte forma: todos foram expostos a fotos de pessoas lindas (e outras nem tanto).

Os voluntários foram divididos em dois grupos, metade das pessoas teve que escrever antes das fotos, um texto sobre o amor que sentiam pelo parceiro. O outro grupo tinha que produzir um texto sobre felicidade. Depois disso, as fotos foram exibidas e os olhos das pessoas foram monitoradas por um computador, que registrou algo interessante.

Quem tinha escrito sobre o amor, simplesmente não prestava muita atenção nas fotos de gente linda, os olhos não se fixavam. Com as imagens de gente comum, não havia diferença. A reação era normal.

Essa é boa: será que o amor tem essa capacidade monogâmica tão grande? Provavelmente sim, pelo menos por um tempo. Nosso cérebro parece repelir todo o estímulo que possa nos atrair para outra pessoa. A cereja do bolo: a rejeição às fotos foi 4 vezes maior entre os homens.


Por Giseli Miliozi

Comente

Assuntos relacionados: relacionamento sexo amor amor e sexo