O amor a um clique

O amor a um clique

Divulgação

Você acredita em amor via internet? A história de Daniela Mantegari, 46 anos, e José Antonio Ramalho, 48 vai fazer você querer um amor online também. O encontro dos dois serve tanto de exemplo que eles resolveram contar tudo num livro, "Amar.com - Relacionamento nos tempos da internet" (Editora Gente, 2009).

Daniela e José Antonio fazem parte de um fenômeno que cada vez mais ganha força no ambiente virtual: os sites de relacionamento como fonte de busca de alguém para namorar. No ano passado, por exemplo, de cada oito casamentos realizados nos Estados Unidos, um era resultado de pessoas que se conheceram pela rede.

O livro que Daniela e José escreveram juntos conta passo a passo o que você deve fazer e os erros que não pode cometer para não perder tempo na hora de procurar o seu amor na internet. Eles também enumeram as vantagens de se buscar um parceiro online. "Os sites de relacionamento oferecem a oportunidade de conversar com várias pessoas na intimidade da sua casa, sem enfrentar a maratona da paquera convencional", afirmam. Além disso, "na internet, a oferta de pessoas é muito maior, se comparada com qualquer situação real. Você tem uma vitrine permanente à sua frente onde você vê e é visto por milhares de pessoas. O contato é rápido e fácil", garantem.

Antes de se encontrarem no site de relacionamento, os dois tiveram várias experiências na rede. E com tanto conhecimento adquirido, descobriram quais itens devem ser levados em consideração quando o assunto é comunicação digital sentimental: a foto, o apelido, a frase de chamada, a apresentação pessoal e o perfil de quem você busca.

O sucesso do amor na rede, dizem eles, depende também de franqueza, honestidade, e um perfil claro e objetivo. A receita de "Amar.com" é clara: para que a busca na internet dê fruto "uma das suas melhores ferramentas é sua atitude positiva. Sem ela será difícil se conectar emocionalmente com alguém".

Daniela estudou moda nos Estados Unidos na década de 1980 para se dedicar por muitos anos à indústria têxtil. Foi usuária de sites de relacionamento, conheceu muitas pessoas e chegou a namorar quatro delas, desde 2002. "Desde o meu início na internet tive vontade de escrever sobre o tema que hoje é tão atual. Guardei material e quando conheci o Ramalho conversamos sobre esse meu projeto".

José Antonio é jornalista, fotógrafo e autor de diversos livros. Entrou nos sites de relacionamento para escrever uma matéria sobre o tema e conheceu Daniela. Em entrevista ao Vila Dois, eles contam mais sobre essa experiência e dividem a felicidade que descobriram a um clique.

É possível mesmo que uma relação comece na internet? Como?

A internet é apenas mais um local para se encontrar pessoas. Ela oferece vantagens sobre outros lugares, permitindo que você encontre pessoas sem ter que sair de casa, que faça uma filtragem de quem eventualmente irá conversar através de afinidades, e não do impacto visual. Em nosso livro relatamos vários casos de pessoas que se conheceram, casaram e já tem filhos dessa união. São casais que jamais teriam se formado se não fosse a internet. Nós nos conhecemos através do site "ParPerfeito", e embora vivendo na mesma cidade dificilmente nos encontraríamos de outra maneira.

Como fazer para não cair em armadilhas ou perder tempo na busca do amor online?

Um dos grandes perigos da internet é a falsa sensação de intimidade que se cria com quem você passa a teclar e conversar virtualmente. Você acaba acreditando que a pessoa já é uma velha conhecida e, por não estar fisicamente presente, acaba se abrindo mais. Com isso acaba se expondo de uma maneira que não faria num encontro convencional, que não é precedido dessa fase.

Quais as vantagens dessa busca pelo computador? E vocês veem desvantagens?

Podemos destacar a facilidade de fazer buscas concentradas num perfil que você deseja. Por exemplo, você pode fazer uma pesquisa dentro de um site de relacionamento de mulheres de 35 a 40 anos que não fumem, morem em São Paulo e gostem de correr e também de música clássica. Uma desvantagem pode ser o tempo que você acaba gastando em frente ao computador, se não estabelecer parâmetros, e acabar abrindo mão de outras atividades sociais.

É preciso combinar o virtual com o real, depois de certo tempo?

Como dissemos, os sites de relacionamento são apenas mais um local para um contato inicial. Assim como você pode pegar o telefone de alguém numa festa e depois falar ao telefone e encontrar a pessoa, o mesmo deve ser feito na internet. Ficar mantendo uma relação apenas virtual não deveria ser o objetivo de ninguém que entra num desses sites.

Qual o perfil das pessoas que estão à procura de um amor virtual? Elas têm menos tempo para buscar do jeito convencional ou são apenas mais tímidas?

Hoje se tem cada vez menos tempo para sair e conhecer novas pessoas. Os sites de relacionamento facilitam o contato sem que você tenha que sair de casa. As pessoas mais tímidas também têm uma vantagem ao usar um site de relacionamento, pois se sentem mais seguras ao conversar com alguém via teclado ou telefone.


Como garantir o sucesso nas relações virtuais? Vale o mesmo que nas relações reais (como sinceridade e honestidade)?

O mais importante ao fazer um cadastro num site de relacionamento é definir claramente qual o seu objetivo e deixar bem claro para as pessoas, através do preenchimento de um perfil que exponha suas intenções e passe uma imagem real de quem você é. A maioria das frustrações de um primeiro encontro acaba sendo porque a pessoa exagerou em suas qualidades ou mentiu sobre suas características.

Por Sabrina Passos (MBPress)

Comente