Mulheres sorridentes têm mais chances de conquista

Mulheres felizes conquistam mais

Dizem que a paquera é uma arte. Pode ser. O que os cientistas ds University of British Columbia comprovaram é que o sorriso auxilia muito nesta missão.

A instituição realizou uma pesquisa para descobrir quais as características que mais atraíam homens e mulheres. Para avaliação foram apresentadas imagens de mulheres orgulhosas, envergonhadas e alegres. O resultado foi que, para os rapazes, a mulher sorridente é mais sexy. "Uma mulher que está sorrindo mostra que está interessada", disse a autora do estudo Jessica Tracy.

O psicólogo especialista em relacionamentos amorosos Thiago de Almeida, autor do livro "A arte da paquera - Inspirações à realização afetiva" (Editora Letras do Brasil, 2011), concorda com a autora do estudo. Segundo o psicólogo, os homens, inconscientemente, interpretam o sorriso como sinônimo de interesse.

"O sorriso é um portal de boas intenções. Isso vai ser mais notado pelo homem, porque é ele quem irá expressar o seu cortejamento de forma mais expressiva. A mulher é mais responsável por estreitar os laços entre os dois", justifica. "O sorriso mostra que ela está a fim, assim o homem se sente mais seguro para se aproximar", completa.

É como se, de uma forma não verbal, ela autorizasse o homem a se aproximar. Mas o sorriso não é o único responsável pela atração entre um homem e uma mulher. "Por ser uma forma de comunicação, uma troca de mensagem, pode haver ruídos", afirma o psicólogo. Entretanto se mostrar contente tende a atrair outras pessoas. "O sorriso funciona como um lubrificante social", brinca Thiago.


O psicólogo lembra que essa atração é algo inconsciente e que faz parte da condição humana. Não é uma característica que dependa do sexo, tanto homens como as mulheres se interessam por sorrisos e pessoas bem-humoradas. "Estudos mostram que até bebês se aproximam com mais facilidade de pessoas sorridentes. O ser humano sempre tem sua atenção despertada por um sorriso", afirma Thiago de Almeida.

Por Bianca de Souza (MBPress)

Comente