Mulheres que não querem ter filhos

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Mulheres que não querem ter filhos

Quase todas as mulheres sonham em casar e ter filhos. Bem, isso não é realmente um senso comum, algumas mulheres até querem se casar, mas não necessariamente pretendem engravidar, por diferentes motivos.

É o caso de Lúcia* que nunca quis ter filhos. “Desde pequena descartava a possibilidade de ser mãe. Até as minhas bonecas eram sobrinhas”, diverte-se.

A professora Vany Márcia Viegas e a bióloga Telma Barboza Santos também abriram mão da maternidade.

Vany se casou aos 34 anos com um homem nove anos mais velho. A princípio, a idéia de ser mãe não era algo tão fora de cogitação. “No começo ele achou que era muito velho para ser pai, mas eu até que queria ser mãe na época. Passou um ano, dois, três, até eu não querer mais. Foi mais uma opção dele a princípio, mas depois cheguei à conclusão que ele estava certo. A gente tinha passado um pouco da idade, ia ficar um pouco de pai e mães avós”, diz.

A professora garante que os dois decidiram que era melhor ficarem sozinhos e seu marido comenta que ter filhos no mundo atual não é uma boa idéia. “Ele ainda fala hoje, que se a gente tivesse tido filho nesse mundo tão louco, com tanta droga e perigos, a gente não ia ter sossego. Acabei concordando com ele”, afirma.

De acordo com Vany, ela não incentiva os outros a não terem filhos. Tia de quatro sobrinhos, ela garante que adora crianças. “Mas as dos outros. Amo de paixão. Você carrega, brinca, embala e devolve para a mãe. Não tem determinadas preocupações que os pais têm, cada um faz sua opção”, completa.

Sentir falta de crianças em casa? Segundo Vany, isso não acontece. “Já somos duas crianças dentro de casa, está bom, né? Não tenho hora para voltar para casa, é um dos fatores que ajudam a querer não ter filhos”, garante. A professora diz que caso ela e o marido venham a sentir falta de crianças, eles podem adotar. E pode ser uma criança maior, se tiverem uma condição financeira “mais sossegada”.

Dinheiro é uma das coisas que fizeram com que a bióloga Telma também não tivesse filhos. Casada há 14 anos, ela ainda não conseguiu atingir com o marido a condição financeira que espera e acabou adiando a vontade de ser mãe. “A vida é cara, o custo é muito alto. A gente não quis ter filhos logo que casou, mas também não esperava adiar tanto, a vida passa muito rápido”, declara a bióloga, de 43 anos. Apesar do medo da idade, ela e o marido ainda não acreditam que é hora de ter filhos. “A situação financeira te pega mesmo, mas a gente está bem mesmo sem filhos”, afirma.

A psicóloga Silvia Diniz explica que não ter filhos não é tão fora do comum atualmente. Muitos casais preferem adiar ou abrir mão desse sonho pela condição financeira ou por medo de criar um herdeiro em um mundo violento. “O medo da violência faz com que muitas pessoas prefiram não ter filhos. As preocupações são muitas, é mais fácil não ter uma criança do que sofrer para criá-la e ficar com medo das drogas, da violência ou até mesmo se você vai estar vivo para criar ela por completo. O custo de vida também é alto e muita gente não pode arcar com isso. Às vezes, é melhor se completar com o trabalho, com a família, sobrinhos e com o parceiro”, declara.

*nome fictício

Fonte MBPress

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente