Mulheres maduras, homens verdes

Mulheres maduras homens verdes

No mundo encantado dos relacionamentos, existe uma verdade suprema: as mulheres amadurecem mais cedo. E aí, se veem em relacionamentos com homens verdes, ainda não tão prontos para encarar a vida a dois do jeitinho que elas gostariam.

Para falar desse assunto - que não merece generalizações, claro -, o Vila Dois foi atrás de um par de conhecedores do universo feminino (e que não se importam em desvendar o masculino, habitado por eles): Xico Sá e Fernando Bonassi. Xico é nosso espião favorito, revela sem medo o que passa na cabeça deles e escreveu livros como "Modos de Macho & Modinhas de Fêmea" (Record). Fernando é autor de livros como "Amor é uma dor feliz" (Moderna) e assinou a coluna "Macho", no jornal Folha de São Paulo, por cinco anos. O mesmo espaço já foi ocupado também por Xico.

Fernando acha que nem todas as mulheres são verdadeiramente mais maduras que os homens, "mas quando são, são muito mais interessantes de conviver e amar". Xico reconhece que seu time demora mesmo a crescer. "É uma Síndrome de Peter Pan que não passa nunca. E como já dizia o titio Nelson Rodrigues, até os 20 e poucos anos, não sabemos sequer dar bom dia a uma mulher, quanto mais ter uma boa história com elas. A coisa só não é tão desequilibrada a favor das moças por um motivo simples: elas costumam ser mais loucas do que nós", garante.

Mulheres maduras homens verdes

Xico Sá

Mesmo com eles verdinhos, há quem se delicie com homens mais novos, pelo simples prazer da diversão. Fernando e Xico aprovam a ideia e dizem que os homens também fazem o mesmo - mas se cansam logo das meninas mais novas. "As lolitas têm umas chatices absurdas, são um pouco garotas-enxaqueca e não sabem, por exemplo, curtir o prazer de um almoço ou jantar demorado e com boas conversas. Preferem fast-food, isso é péssimo para um homem mais velho", explica Xico. "Acho que as mulheres mais velhas que saem com homens mais novos fazem isso por diversão, o que é lindo, além da perversão de seduzir um jovenzinho. Isso também passa um sentido de poder à fêmea. E sorte desses rapazes, que aprendem com essas afilhadas de Balzac", completa.

Fernando foi um desses ‘jovenzinhos’, que se deliciou com mulheres mais velhas. "Sempre gostei da maciez da carne adulta, do cheiro, do carinho, do alto nível das preliminares, do afeto, da loucura e da liberdade sexual que se tem com uma mulher ‘rodada’ que esteja a fim de se dar pra você. Não há nada melhor no mundo. Eu me caso com mulheres assim", revela Fernando.

Do alto de sua sabedoria, Xico acha que o encontro entre verdes e maduras é sempre positivo, mas acredita que essas não sejam relações que costumem durar. "Vale pelo belo aprendizado", acredita.


"Eu passei por várias e recomendo. Quando tinha 20 e poucos anos, me envolvi com uma mulher de 55, no Recife. Agora tenho 46 e já amei mulheres com quase a metade da minha idade". Vale tudo. Se baseando no respeito ao próprio corpo e aos sentimentos (que nem sempre precisam ser super verdadeiros) e acreditando na importância das experiências para o autoconhecimento, vale tudo mesmo!

Por Sabrina Passos (MBPress)

Comente

Quiz de Celebridades!

Quem é mais jovem?