Mulheres em segundo plano?

Mulheres em segundo plano

Trabalho, homens, roupas, filhos, produtos de beleza. Esses certamente são alguns dos assuntos que marcam presença nas rodinhas de conversa femininas. E quando o sexo oposto se acha no direito de montar o seu próprio grupinho, a curiosidade começa a bater: sobre o que será que eles tanto falam?

Provavelmente é possível contar nos dedos as mulheres que nunca quiseram entrar de fininho em uma rodinha masculina para saber quais são os assuntos mais abordados. E sabendo do desejo desse público, a marca de cerveja Heineken saiu na frente e fez uma ampla pesquisa para sanar as nossas dúvidas.

Segundo os resultados, o principal assunto entre os homens é o futebol. Nós, mulheres, ocupamos o segundo lugar na lista, com 45% dos votos. E os assuntos relacionados ao trabalho ocupam o terceiro lugar, ficando com 34% das atenções. A pesquisa entrevistou mais de 5 mil homens de 15 países, entre eles o Brasil.

Na hora de saber quem passa mais tempo discutindo sobre os resultados, gols, faltas, últimos resultados ou rumores de transferência de jogadores de futebol, os brasileiros ocupam o segundo lugar no ranking. Nossos homens são capazes de papear por aproximadamente três horas e 20 minutos e ainda assistir um total de duas horas e 10 minutos de partidas a cada semana.

Nesse quesito, os ingleses levam a melhor e ocupam o primeiro lugar. Os considerados fanáticos pelo esporte assistem semanalmente cerca de 2 horas e 22 minutos de partidas e passam 3 horas e 21 minutos falando sobre o assunto.


A pesquisa realizada pela marca de cerveja constatou também que os homens brasileiros são bastante sociáveis. Para assistir a uma partida de futebol, 37% deles disseram que se juntam a um grupo de cinco ou mais amigos. Mas mesmo com esse "coração de mãe", eles não receberam a medalha de ouro. Esse mérito ficou com os sul-africanos (51%), seguidos de perto pelo México. Os menos sociáveis são franceses e holandeses.

Por Juliana Falcão (MBPress)

Comente