Melisseira até no altar!

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Melisseira até no altar

Foto: Adriano Cardoso

Quem não gosta de andar com um sapato lindo e confortável? Pois bem, já não é novidade que os calçados da marca Melissa são a paixão de muitas mulheres que desejam agregar beleza e conforto aos pés. Por esse motivo, as adeptas das sapatilhas de plásticos mais fashions não medem esforços para colocar mais uma novidade em suas coleções.

Quem é fã de carteirinha sempre tem uma história de amor e ódio pelos modelos e cores de sapatos, como a fotógrafa Paula Brasil, também criadora do blog "Cores de Esmaltes". Em 2001, ela comprou seu primeiro modelo - uma Aranha - agora ela tem uma coleção com cerca de 60 pares. "O cheirinho de chiclete e a variedade de cores são fascinantes, sem contar no visual diferente que proporciona em qualquer look", conta sobre o carinho pelos sapatos.

A fotógrafa já chegou a ter 80 pares dos mais variados modelos e cores, mas atualmente, está com a coleção menor. "Procuro ter exatamente aquilo que uso e me sinto confortável. Além disso, quando me casei precisava liberar espaço, então fui me desapegando de algumas. Hoje devo ter em torno de umas 60", conta.

Ela brinca afirmando que o caso com a marca é antigo e engraçado. De 2001 a 2005 ela usou algumas delas, porém, como o plástico era muito duro e machucava, parou de comprar e doou quase todas. "No Natal de 2008, meu namorado, que hoje é meu marido, me deu duas Melissas de presente, alegando que elas eram a minha cara. Realmente eram, mas confesso que morri de medo de usar e me machucar", relata. "Mesmo assim arrisquei e, dessa vez, o plástico era mais molinho e confortável. Desde então, não parei mais. Agora, em toda data comemorativa quero uma nova", completa.

A paixão de Paula pela marca não tem limites. Assim que ficou noiva, ela decidiu que se casaria usando um modelo, ao invés do tradicional sapato de noiva. "Sempre disse que me casaria com uma e já sabia até o modelo. Tive apenas que esperar a marca lançar em uma cor que daria certo para a ocasião", diz ela. "Se abrirem meu armário vão ver que eu só tenho Melissas, ou seja, se não casasse com uma não seria eu", explica.

Ela relata que tudo que é muito "tradicional" não a agrada e que sempre tenta fugir de "protocolos". "Um sapato branco de cetim jamais combinaria comigo", afirma. E no grande dia a melisseira não usou apenas uma, mas três modelos: "No civil usei uma Melissa Seduce de Laço de glitter rosa. Na igreja não usei sapatilha, usei uma sandália de salto a Lady Dragon Heart pérola com coração vermelho metálico. E na festa, para ficar mais confortável, eu usei outra Seduce de Laço branca."

Paula comenta que comprou o sapato antecipadamente, pois teve medo da coleção sair de linha. "Em março de 2011 saiu a que seria perfeita para mim. Comprei, pois não quis correr o risco de ficar sem. Como meu casamento seria em abril de 2012, ela ficou guardadinha todo esse tempo", revela. "Mudei meu vestido de branco para pérola para combinar com o sapato", acrescenta.

Segundo a blogueira, ninguém se opôs à sua vontade, apenas sua mãe e sua irmã apenas a acharam esquisita. "Minhas amigas amaram. Disseram que era a minha cara e que não viam a hora de me ver de noiva e de Melissa. Já minha mãe estranhou no começo, mas depois mudou de ideia", comenta.


De acordo com Paula, o noivo era o único que não poderia dizer nada sobre a escolha dela, pois foi ele que a tornou uma viciada na marca. "Se hoje Melissa virou um vício, a culpa é do Gustavo, pois foi ele quem me deu as Melissas e começou minha coleção", justifica. "Ele, assim como eu, gosta de coisas diferentes, tanto é que casou na igreja de All Star. Fizemos a diferença e o pessoal adorou", finaliza.

Por Stefane Braga (MBPress)

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Assuntos relacionados: melissa casar noiva noiva melissa