Lista de convidados para o casamento

Lista de convidados para o casamento

Foto: Dreamstime

Já está mais do que comprovado que a parte mais difícil para os noivos na organização do casamento é a lista de convidados. Deve-se convidar os amigos do trabalho? E os parentes distantes, que só se viu uma vez na vida? Lugar e data, quais os melhores? Essas e outras dúvidas frequentes vamos elucidar com a ajuda da consultora Bia Bueno Abissamra, da empresa Ser Elegante.

Inicie a sua lista assim que marcar a data de casamento. A consultora explica a melhor maneira de montá-la: "Primeiro os padrinhos, depois familiares mais próximos. Depois os mais distantes, caso tenham que fazer um corte no número dos convidados, poderão ser excluídos. Em seguida os amigos mais íntimos dos pais, amigos mais íntimos dos noivos e por último os amigos ocasionais (estes, nos grupos de amigos, poderão ser os primeiros a serem eliminados da lista, caso necessário). Não esquecer de empregados que estiveram presente durante a vida dos noivos (empregadas domésticas, babás, motorista antigo)".

Parentes distantes: se for convidar parentes que só viu uma vez na vida, convide-os apenas se desejar sua presença ou se os pais de um dos noivos fizer questão, se for apenas por educação, não gaste papel com convite.

Colegas de trabalho: caso tenha algum colega que se tornou íntimo, pode chamar. Não há necessidade de convidar os outros. Agora, se convida uns, não tão íntimos, e outros não, com certeza é melhor nenhum ou todos. Nada de colocar um convite geral no mural da empresa. Você nunca saberá qual será o número exato de pessoas para a festa. Portanto, adote convites individuais, tá?

RSVP: quem não está muito familiarizado com o termo pode não saber, mas RSVP significa, em francês, Répondez S'il Vous Plaît, e em português, "Responda, por favor", e é muito comum de se pedir em convites de casamento. Isso ajuda os noivos a definirem os valores a serem investidos por convidado.

Data: casar no meio dos meses de férias mais comuns a todos atrapalha a viagem dos convidados e o número de presença terá uma baixa. No meio da semana, a festa terminará mais cedo e o número de confirmação será menor no caso de convidados de outras cidades. Mas, lembre-se: a melhor data para este grande dia é a que dá certo, primeiramente, para os noivos.


Lugar: a escolha do local do evento tem que ser decidida visando o lugar que é viável para os noivos, sem se esquecerem do conforto dos convidados. Veja, caso os noivos escolham casar em local distante, tem que pensar no meio de transporte, hotel, etc.

Independente de tudo isso, Bia diz: "O mais importante de todos os detalhes da festa é o carinho com que ela foi preparada por todos que ajudaram e a felicidade estampada no rosto dos noivos. Isto sim determinará a animação dos participantes".

Por Alessandra Vespa (MBPress)

Comente