Japão oferece serviço para quem não quer dormir sozinho

Serviço para quem não quer dormir sozinho

Está chegando o tão aguardada sexta-feira e você já tem companhia para passar um fim de semana prazeroso?

Se você está altamente carente, não se preocupe, esse privilégio não é só seu. Mas, no Japão, o nível de carência anda tão extremo que há algumas semanas foi criado um serviço para quem não quer dormir sozinho!

Lá o cliente paga para se deitar na mesma cama de uma moça, mas só deitar, sem ter sexo envolvido. É só isso e nada mais. O negócio, batizado de Soineya, tem uma tabela que oferece os seguintes preços: 20 minutos custam US$40, uma hora é US$77 e 10 horas, o período máximo, não sai por menos de US$645. Isso sem contar os US$ 40, só para fazer a inscrição. Absurdo?

Não para os carentes de plantão. E, pasmem, o serviço não fica só por aí. Para os que fazem questão de um pouco mais de calor humano, há a lista de itens opcionais, pagos à parte, que contam comserviços como: cliente e garota trocarem olhares, garota dormir no colo do cliente, cliente dormir nos braços da garota.

Acha essa moda pega no Brasil ou carência tem limite? E você, pagaria - se existisse a opção - para dormir agarradinha com um homem bonito?

Por Jessica Moraes

Comente