Inteligência emocional nos relacionamentos

Inteligência emocional nos relacionamentos

Seu relacionamento não vai bem ou então você já teve alguns namoros ou até casamentos que não deram certo. O que pode estar faltando para você é inteligência emocional.

A personal e executive coach e nossa colunista Jael Coaracy explica que inteligência emocional é a capacidade de usar as emoções a seu favor e a favor de seus objetivos. "Muitas vezes as pessoas reagem de forma descontrolada às coisas e isso traz consequências ruins. Interpretam a realidade de forma errada e não percebem que tem escolha".

No caso dos relacionamentos a falta de inteligência emocional se manifesta em comportamentos como esperar do outro o que na verdade você precisa dar para si mesmo ou colocar expectativas demais no parceiro. "Não existe uma pessoa para tapar buraco, você é responsável pelo tipo de relacionamento que você tem".

Algumas atitudes até certo ponto simples podem mudar essa situação, de acordo com Jael. Ela explica que a primeira coisa é tirar a expectativa da sua felicidade do outro. "Devemos ainda aceitar a diferença com tranqulidade e nos relacionarmos com foco no que queremos e nas escolhas que fizemos. Aquela história de que os opostos se atraem está errada, o seu companheiro deve ter valores parecidos com os seus".

Se você está sozinha buscando alguém, a primeira coisa é lembrar que não existe a pessoa perfeita, por isso deve focar no que é imprescindível para você e aceitar outras características que não te agradam, mas que podem ser relevadas. "É necessário lembrar que a pessoa não vai mudar, a gente precisa aceitar as características de cada um".

Jael ministra um workshop sobre o assunto. Quem é do Rio de Janeiro pode se inscrever e participar neste sábado dia 13. O encontro acontecerá na Rua Francisco Sá, 31. Mais informações no site www.vaidarcerto.com.br.

Durante os workshops que ministra, a colunista explica que os problemas mais comuns são pessoas que estão sozinhas, normalmente desiludidas e outras que estão passando por muitos conflitos e próximas de se separarem. Para essas pessoas, a profissional dá três conselhos para mudar essas situações, confira:

1) Você deve perceber que é responsável por onde está. Não deve se colocar como vítima, isso é abrir mão de ser agente da sua vida.

2) Deixe o passado para trás e pense no agora. O medo de passar por situações passadas em futuras relações atrai exatamente o que você não quer


3) Se você tem um padrão de relacionamento que não é legal e não dá certo deve perceber que está fazendo algo errado. Identificar, aprender e então mudar vai fazer com que o futuro seja melhor.

Por Larissa Alvarez

Comente