Homens que ajudam nas tarefas de casa fazem menos sexo

Homens que ajudam nas tarefas de casa fazem menos

Foto: Eric Audras/PhotoAlto/Corbis

Achar o equilíbrio em uma relação não é fácil, quando ela vira casamento e o convívio passa a ser diário, então, nem se fala. E não é só isso, as vontades e comportamentos de homens e mulheres, às vezes, são 'beeeem' discrepantes. Segundo um recente estudo divulgado na revista ‘American Sociological Review’, quanto mais tempo os homens casados se dedicam às tarefas domésticas, como cozinhar e lavar a louça, menor é a sua disposição para o sexo.

Já o contrário ocorre quando eles se dedicam a afazeres mais ‘másculas’, como lavar o carro ou consertar aquela pia quebrada, pelo menos é o que afirmam os pesquisadores do Instituto Juan March de Madri, na Espanha, e da Universidade de Washington, nos EUA, responsáveis pela pesquisa.

O estudo se baseou nas respostas de 7002 entrevistados e buscou destacar a importância dos papéis tradicionalmente concedidos a cada um dos sexos e sua influência na frequência das relações sexuais nos casamentos.

"Existe um tipo de cenário sexual bem definido para cada gênero, no qual a gestão segundo esse gênero é importante para o desenvolvimento do desejo sexual", afirma Sabino Kornrich, pesquisador do Instituto Juan March, que realizou o estudo ao lado das sociólogas americanas Julie Brines e Katrina Leupp.

Mas, calma vilamigas, não é preciso entrar em pânico achando que depois dessa pesquisa o que já era difícil vai se tornar ‘coisa rara’. Segundo Kornrich, o estudo não deve influenciar os homens a abandonarem a parte que lhe cabe na manutenção do lar, uma vez que tal atitude pode provocar conflitos no casal e a insatisfação das esposas.

Por Paula Perdiz

Comente