Homens e relacionamento, por Claudia Matarazzo

Claudia Matarazzo

Claudia Matarazzo

Ela é jornalista, especialista em etiqueta e comportamento. Desde 2007, Cláudia Matarazzo é a chefe do cerimonial do governo do Estado de São Paulo e já publicou livros que tratam desde o casamento até as relações de trabalho. Já foi colunista de publicações como Cláudia, Vogue e Playboy e hoje assina a página de comportamento da revista de bordo da Ocean Air.

Cláudia foi cantora, produtora de espetáculos e, além de tudo que organiza e escreve, ministra palestras em todo o Brasil, sobre comportamento e etiqueta. Já foi colunista do Vila Dois e dessa vez, numa conversa rápida, dá ainda mais dicas de comportamento. Vale prestar atenção.

Existe receita do 'homem ideal'?

Não. O conceito de homem ideal varia de momento para momento. E esse conceito depende de como você está em determinado momento da vida. Um seu ideal é um. No outro, já é completamente diferente.

O que, de fato, acaba com um relacionamento?

Acho que falta de respeito ou quando um tenta diminuir o outro é péssimo. Alma mesquinha ninguém merece.

As mulheres ainda sonham com um príncipe encantando?

E como. Muitas ficam idealizando o homem que nunca vem. Mas elas precisam cair na real ninguém é príncipe para sempre e que tudo depende, mais uma vez, do momento. Mulher nenhum é princesa a vida toda. Por que homem precisa ser?


E que tipo de 'mulherzice' é mais irritante?

Mulher que não chega nunca é uma chatice. Essa demora para tudo não tem a menor graça - e não importa se é o marido ou as amigas que ficam esperando. Isso acaba com o programa de todo mundo e é uma ‘mulherzice’ antiga e de gente burra. Fora isso, também me incomoda o deslumbre pelo consumo ou pela aparência. Não tenho paciência pra isso!

Por Sabrina Passos (MBPress)

Comente