Enfrentando a realidade ...

Depois de hesitar com medo do meu marido achar que eu sou “frouxa”, porque descobrir uma traição e não tomar a atitude de buscar o fim do relacionamento, poderia levá-lo a essa conclusão. Segui o meu coração e os conselhos da nossa amiga Glau, resolvi ter uma conversa séria com ele.

Falei tudo que eu havia descoberto e tudo que estava engasgado, desabafei, chorei muito, falei o que tava sentindo e da real possibilidade desse fato ter acabado com o nosso relacionamento e avisei que mesmo que continuemos, a confiança nunca mais será a mesma. Ele ficou visivelmente abatido e me disse que ele havia errado muito comigo, sabia disso e estava triste em ver o quanto eu estava sofrendo, disse que se arrepende e que hoje, o que importa para ele sou eu e nossos filhos, continuou dizendo que aquilo aconteceu a 3 anos e que as pessoas mudam e ele havia mudado muito depois de tudo isso.(no fundo, eu percebi isso)

Sinceramente, continuo perdida ... Sei que ainda estou aqui, pois meu filho esta tendo aula, caso contrário, já tinha voltado para minha cidade para dar um tempo para minha cabeça e pensar com calma no que devo fazer.

No fundo, queria que nosso relacionamento desse certo, lutei tanto para que isso acontecesse, estou com essa pessoa há 23 anos incluindo namoro e casamento, ele é um pai maravilhoso, nosso relacionamento estava muito bom e sonhava em envelhecer com ele. Na verdade, tem um conflito dentro de mim entre a razão e a emoção. Uma pede para eu deixá-lo e a outra pede para tentar de novo.

Faz duas noites que não consigo dormir, choro todos os dias, estou com uma dor no estômago terrível. Por outro lado, ele anda muito preocupado e triste, mas quero que ele reflita, pense no que fez conosco.

Se eu tivesse certeza de que o tempo apagaria essa dor, eu tentaria recomeçar com ele, mas tenho medo. Medo de passar por isso novamente, medo de não conseguir encará-lo sem pensar no que aconteceu e de sempre pensar em como ele teve coragem de fazer tudo aquilo comigo. Sei que se eu decidir tentar de novo, preciso encontrar uma fórmula para conviver isso ... Será que consigo ??? Tenho pedido a Deus para que acalente meu coração e tire essa dor, porque isso pode me fazer mal, na verdade, já está fazendo !

Bom, diante de tudo isso, descobri que tenho que dar um “up” na minha vida, percebi que preciso reconquistar minha individualidade, que andava esquecida depois que me mudei de cidade, fiquei sem emprego, amigos, família, meu mundo era ele e os meus filhos. Decidi voltar a estudar, vou fazer um concurso, vou conquistar um bom emprego (meta). Estou de dieta para perder uns quilinhos, pois íamos a uma viagem em dezembro, ainda não sei se vou, mas vou continuar a fazê-la para me sentir melhor.

Decidi aproveitar essa decepção para mudar minha vida, ainda não sei o que vai acontecer, mas vou pensar no meu futuro e peço a Deus que seja esse futuro seja bem melhor, que eu consiga fazer dessa história, uma página virada na minha vida, com ele ou não, quero ser feliz ! Meu coração ainda dói muito, só quem passou por isso sabe o que é ...

Gostaria de deixar um conselho a todas ... Nunca deixe sua felicidade na mão de ninguém, cuidem-se !

Comente