Elas adoram flores... será?

Elas adoram flores será

Se o homem fez alguma besteira, batata, manda flores. Se quer dizer que se lembrou do Dia dos Namorados, da Mulher, da Secretária, da Médica, das Mães, manda flores. Se quer fazer aquele agrado ao se lembrar do aniversário de namoro ou do primeiro beijo, lá vão mais flores.

Todo homem acha que, pelo menos nisso, a mulherada é unânime: o gosto por flores. Ledo engano, queridos. Até nisso, as mulheres conseguem divergir na opinião. "Eu não assumo que não gosto, lógico. Aceito como qualquer outro presente. Mas flor murcha, fica feia, dá trabalho trocar água. Eu prefiro mil vezes uma caixa de bombons, por exemplo", diz Luana Paiva, de 28 anos.

Ela não é a única. "No meu grupo de amigas, a gente já sabe e avisa os pretendentes", brinca. Há quem vá ainda mais longe na crítica. "Não gosto e acho um desperdício de dinheiro", assume Pâmela Silveira. "Elas morrem e não sobra nada como recordação".

Há alguns anos, um comercial de relógio já dava a dica de que, nem sempre, flores são a melhor opção. O slogan dizia: "Não me venha com florzinhas", e sugeria que o namorado ou marido escolhesse outro presente para suas amadas.

É claro que nenhuma mulher vai jogar fora ou até devolver o presente. Mas muitas acham que, quando falta imaginação ou deixam para a última hora, eles correm para uma floricultura. "O homem sempre vai achar uma floricultura aberta. É o presente mais fácil. E a gente sabe quando ele realmente escolheu a flor como presente ou se apenas foi pelo mais fácil", alerta Mariana Freitas, de 29.

"Hoje há tantos jeitos diferentes de surpreender que mandar flores é que é a exceção", pensa Samara Pires, de 27. Ela pode contar nos dedos às vezes que recebeu um mimo florido do namorado, com que está há 4 anos. "Querer ser moderna demais dá nisso. Ele me manda um torpedo quando podia chegar em casa com um botão de rosa", lamenta. Mas ela admite que são as mulheres quem criam a barreira do romantismo. "Eu nem penso em mandar flores porque acho que ela não vai gostar. E sempre a escuto fazendo graça quando alguma amiga recebe. Você acha que vou mandar? Nem pensar", alfineta o amado, Roberto. Ai ai ai...


Quem também não gosta nada de flores é Talia Ricardo, de 31 anos. Mas dá a dica se a intenção do amado seja enviar um presente - e não entregar pessoalmente. "Mande uma cesta de café-da-manhã, ou uma com os doces preferidos, na hora do trabalho. Mulher adora surpresa. Mas ela não precisa sempre envolver flores". A dica final para eles é: se quiser mesmo mandar, vá até a floricultura e escolha você mesmo o que acha que ela vai gostar. As flores vão ficar bem mais bonitas com um toque de sinceridade.

Por Sabrina Passos (MBPress)

Comente