Dor de amor - explicações científicas

Dor de amor  explicações científicas

Dor de amor, literalmente! Estudos já provaram que o que a gente sente quando perde um amor é mesmo uma dor física, agora especialistas explicam os motivos daquelas sensações que temos quando estamos em um ‘processo de coração partido’.

Sabe qual a explicação para os ataques a bolos, caixas de bombons e potes de sorvete? A falta de dopamina. O fim de uma relação faz ela secar e a comida - assim como o sexo - acionam a sua liberação. A falta da dopamina também responsável pela nossa necessidade de lembrar de momentos com o ex e também de saber o que ele anda fazendo agora (olhando redes sociais, por exemplo) já que o amor e a alegria também a liberam e pensar sobre os bons momentos ou simplesmente ter noticias do amado remetem a isso.

E o motivo pelo qual a gente anda pela rua e tem a impressão de vê-lo em vários rostos? É que quando a gente deseja muito uma coisa a nossa sensibilidade cresce e temos delírios. Isso mesmo, como quando as pessoas em desertos nos filmes imaginam lagos ou famintos imaginam mesas fartas...

Dor no peito, taquicardia, falta de ar e sensações de que o coração vai sair pela boca quando a gente vê o ex são causados pelo aumento da adrenalina e outros hormônios. Dá até para ter um ataque cardíaco por causa disso, sabia?


E tem gente que ainda acha que o amor não é nada...

Por Larissa Alvarez

Comente