Dicas de economia para planejar o casamento na crise

Quem disse que para casar é preciso esvaziar os bolsos? Veja aqui dicas valiosas para o casamento perfeito
casamento barato

Fuja da crise financeira e economize no casamento! Foto: iStock/lolik

O tão sonhado dia do noivado chegou, e você e seu parceiro decidiram trocar alianças. O momento é de alegria, expectativas e vontade de fazer aquela festa de casamento maravilhosa que você sempre sonhou. Mas em tempos de crise? 


Afinal, como realizar a festa dos sonhos com o orçamento apertado? A sócia da Gear Consultoria e Treinamento e Educadora Financeira, Marina Frossard, conta para o Vila Mulher cinco dicas para montar a celebração que cabe dentro do seu bolso. Vem ver:

1) Tudo é possível

Se o casal hoje dispõe de uma situação favorável para a realização do evento e isso realmente é importante, apenas fique atento ao planejamento financeiro. Mas se o casal não está seguro em relação a sua situação financeira, esta é a hora de ajustar seus planos e adaptar-se ao momento. Adiar, cancelar ou realizar com os custos enxutos, são sempre alternativas viáveis. Essa é uma decisão do CASAL.

2) Corte gastos

Todos somos diferentes. Desejos e necessidades diferentes para cada pessoa. Mas infelizmente uma coisa é comum a todos: a crise. Nesse momento uns são atingidos mais fortemente e outros menos, mas a cautela é a palavra de ordem. Por isso, quando se fala em parar de gastar ou diminuir gastos à tendência é que as primeiras vítimas sejam serviços ou produtos que não representam uma questão de sobrevivência, o que é sábio. Geralmente as atividades de recreação, entretenimento ou lazer são os primeiros a serem cortados da lista de cada indivíduo.

3) Investimento pode ser a solução

Sim podemos ajudar nosso dinheiro a nos ajudar, mesmo com pequenas quantias. Nesse cenário onde os brasileiros estão fechando a torneira e economizando cada centavo, posso recomendar um investimento simples, isento de imposto de renda, de fácil acesso e totalmente líquido, ou seja, retirada do dinheiro a qualquer momento. A Poupança tem sido muito discriminada ultimamente, e com razão, pois existem outros investimentos muito mais atrativos que ele, porém se estamos falando de uma reserva pequena por mês, a poupança me parece muito funcional. 

Com tudo, se você quer ir mais a fundo e comprometer-se com algo maior todo mês, ou esta disposto a buscar conhecimentos básicos de investimentos, mesmo com pouco, diria para procurar a ajuda de um consultor de investimento (de preferência fora do seu banco), pois ele lhe apresentará inúmeras opções de investimentos que podem te trazer maiores retornos.

4) Enxugue as contas

Enxugar ao máximo as contas é a primeira coisa que devemos nos concentrar. Infelizmente cortes nos gastos nos trazem um sentimento de impotência e regressão, mas pensemos que esse é um momento que vai passar e quando passar poderá voltar a desfrutar uma vida mais abundante, sempre claro respeitando seus limites.

5) Tenha disciplina

É o segredo!!! Tenha foco e concentre-se no objetivo final.

Por Thamirys Teixeira

Comente