decisões: amar a distância é possível?

decidir por uma cor ou outra, se vou de carro ou de ônibus, se saio ou fico em casa, se viajo ou faço a limpeza de casa! É, parece fácil decidir pelo melhor mas nem sempre é assim. Atualmente estou num dilema: tenho um relacionamento de 02 anos e sempre moramos em cidades diferentes mas nos víamos todos os fins de semana. Agora, para melhorar profissionalmente, ele decidiu ir para outro Estado a 2.600 km e volta a cada 50/60 dias para ficar uma semana. A comunicação é terrível, sinal de celular fica fora, internet pior ainda, nossos horários não fecham para conversarmos, sem falar que ele é homem né!!!!! e como todo homem conversa pouco, atenção menos ainda e com a distância entende tudo truncado pela falta de comunicação ( eu tb). Só quando ele foi percebi que amo demais, sinto falta, choro sempre e ele quer que eu vá mas a responsabilidade é maior aqui: tenho dois filhos, um de 23 que mora com o pai mas ainda depende financeiramente de mim e a filha de 17 que mora comigo, terminado o ensino médio; eu ainda tenho pais e sou filha única e sempre tenho que passar para vê-los pq reclamam de atenção. Meu namorado tem 49 anos, adoro o sexo, o carinho, o beijo, a atenção que me dava aqui mas mais de uma vez ele disse que não voltará porque lá se sente valorizado profissionalmente, ganha mais e eu não terei vergonha dele pq ganhava menos do que eu (eu nunca tive mas acho que ele deve ter se achado inferior quando dizia que queria ir em algum lugar mas eu não tinha dinheiro). Amo mas não consigo suportar a falta da presença física, da comunicação, do toque, do calor....do beijo, abraço, sorriso. Vou ir visitá-lo no próximo mês e ficarei uma semana por lá mas estou com espírito de despedida e choro...rsrs....sempre choro quando penso nisso. Já decidi que assim não pode ficar, sofro demais e ele tb e alguém tem que fazer algo mas ele é o homem que amo. Não largo tudo aqui pq seria leviandade, ele não vai sustentar meus filhos, até ele está provisório nesta cidade pq a empresa é de outro local e ficará 3/4 anos e trocará de região, então como poderia trabalhar em algo lá e depois começar, e começar e começar em outros lugares? se ainda fosse num lugar só! Já pensei em largar tudo e ir mas virar as costas para a família desta maneira (minha família é tão pequena!) eu não suportaria então vou sacrificar o amor. Já fui casada por 21 anos e separei amando; acho que me recupero mas vai ser difícil desta vez e mais longo o processo pq nossa afinidade é grande, o amor também mas a distância está matando!

Comente