Crise dos sete anos - supere essa fase!

Crise dos sete anos  supere essa fase

Todo mundo já ouviu falar ou já passou pela fatídica "crise dos sete anos". É o momento onde o casal mais briga, onde há mais desentendimentos e quando acontecem mais separações.

Infelizmente, essa não é mais uma "lenda urbana dos relacionamentos", como diriam as personagens de "Sex and the City". A crise dos sete anos realmente existe. A psicoterapeuta Maura de Albanesi explica que ela pode acontecer entre o primeiro e sétimo ano de casamento. "É o momento em que as pessoas começam a cair na realidade. Todo mundo casa com ilusão e expectativas. Casa-se com o príncipe e ele vira o sapo. E depois dessas crises é quando a gente transforma o sapo no príncipe verdadeiro", conta a especialista.

O problema ocorre quando o casal começa a questionar se a vida a dois é realmente aquela planejada. Foi o que aconteceu com Priscila Ribeiro*. Casada desde os 20 anos, a dona de casa já passou pela crise. "Foi um pouco antes de completar sete anos de união, isso em 2007. O João* estava um porre, não agüentava mais. Quando chegava em casa, nem conseguia olhar para ele. Me cansava aquilo. Era bem diferente do que a gente tinha pensado quando nos casamos", conta Priscila.

Durante o casamento também vieram os filhos. Ao mesmo tempo, ela também começou a faculdade, e passou a prestar mais atenção em seus companheiros de sala.

"A vida do pessoal me chamava mais a atenção. Eu queria voltar a sair, conhecer mais pessoas, e não estar presa a um relacionamento", conta. Depois disso, o casal começou a se distanciar e as brigas passaram a ser constantes. "Estava afetando as crianças, e decidimos nos separar. Mas só durou cinco dias. Caiu a ficha do quanto aquilo era bobo e como o nosso amor era maior do que isso", garante.

De acordo com a psicoterapeuta, o importante para superar a crise é aceitar o outro como ele é, e não como gostaríamos que fosse. "Às vezes, a gente casa não gostando de alguma coisa e acha que no casamento vai melhorar. Mas só piora. A superação acontece quando você aceita a outra pessoa do seu próprio jeito e sabe lidar com a frustração. Quando não consegue lidar com isso, não é amor", afirma à especialista.

Por isso, sempre vale a pena refletir sobre o relacionamento em um momento de crise e colocar na balança os prós e contras da relação. Também é preciso se preparar para o futuro. Conforme a psicoterapeuta, as crises acontecem a cada sete anos e nas mudanças de fase do amor do casal. Muita paciência e compreensão para superá-las!

Veja também

Finanças - A crise dos sete anos!

Fonte - MBPress

Comente