Casamento x Liberdade

Casamento x Vida livre

Casamento - quem tá fora quer entrar e quem está dentro quer sair, mas por quê? Foto: Corbis

Quem tá fora do casamento quer entrar, quem tá dentro quer sair e a grande maioria das mulheres, diríamos quase todas, quer passar pela experiência, mesmo sabendo que a chances de dar certo são as mesmas que acertar na loteria. Esse é o discurso que se ouve por aí, principalmente de gente que não casou ou que casou e não deu certo. Então, ouça nosso mais importante conselho: esqueça tudo o que ouviu, zere os conselhos e lembre-se de que cada pessoa faz a sua história amorosa, ou pelo menos, boa parte dela.

Para começar, essa coisa que pensar que o casamento fecha a porta para uma vida mais "livre" é lenda. Primeiramente porque ninguém casa para entrar numa prisão, e segundo que casar é um ato de fé e de amor, as pessoas querem sacralizar ou oficializar o que já sentem. Sendo assim, não há porque se preocupar.

Outra coisa deveras importante é definir o que você quer para a sua vida, quer apostar na variedade, quer se dedicar a alguém, ama essa pessoa para renunciar às outras, ou você quer tudo isso e ainda quer variar na hora do sexo?

Tudo é possível desde que muito bem conversado e combinado entre o casal. Por exemplo: quem ama alguém mas sente atração sexual por outros (aliás, todo mundo sente atração por outros). A diferença é que uns resolvem viver isso e outros não, escolhem ficar somente com uma pessoa. O motivo de cada escolha, cada um sabe dos seus e lida com eles.

Existe o casamento aberto e o poliamor, e todas essas "modalidades" de amor, e de relacionamentos sexuais, englobam casamentos, só mudam as regras. Aí nesse contexto, entram discussões mais profundas nas quais não vamos entrar aqui. Mas os casamentos não mudam, em suas atribuições; apenas na variedade de parceiros.

No casamento monogâmico, o desafio é manter a harmonia, o namoro e a atração sexual por décadas, ou anos, ou apenas meses. E tem muita gente que consegue e que vive bem assim, feliz e se sentindo satisfeito em seus desejos e inclusive sexualmente. O desafio de amar alguém e somente uma pessoa por tanto tempo, é tão grande e desafiador quanto viver em relacionamentos abertos. Tanto um quanto o outro podem azedar a relação, independente do número de parceiros.

Quando se está em um relacionamentoe se quer sair é porque não deu certo, por qualquer razão, e isso simplesmente acontece, ninguém pode prever. Mesmo tendo total liberdade, o conceito de liberdade é amplo e pessoal. Há pessoas que só se sentem livres estando solteiras e outras estando casadas, mas com arranjos diferentes. E tem gente que se sente livre amando uma só pessoa loucamente.

A questão é complicada, que segue sem uma resposta só, ou seja, a resposta não existe, invente a sua. Quem um dia irá dizer que existe razão nas coisas feitas pelo coração, e quem irá dizer que não existe razão? Já dizia a música!


Por Giseli Miliozi

Comente

Assuntos relacionados: relacionamento sexo amor casamento