Casais apostam nos ensaios sensuais para apimentar a relação

Foto: Reprodução/ Revista Dénudé

Cada vez mais os casais têm procurado maneiras de apimentar a relação ou eternizar o sentimento que os uniu. E uma delas é por meio do ensaio sensual. Cada clique deixa registrado um olhar apaixonado, um beijo carinhoso ou uma pegada irresistível.

Este tipo de trabalho, o Boudoir Noir, foi uma das primeiras apostas da Revista Dénudé, especializada em ensaios sensuais. O trabalho final é uma revista toda personalizada. Mel, diretora de arte da empresa, é casada e sabe muito bem que a vida a dois tem muitas peculiaridades e muda ao longo dos anos, de acordo com elementos que são inseridos no caminho, como um emprego novo, a chegada de um bebê, viagens e a própria maturidade.

"As fases de um relacionamento são únicas, por isso é importante registrar a passagem do tempo, eternizando a história do casal em imagens que dão vontade de colocar em um quadro e olhar todos os dias. Isso cria um vínculo de carinho e cumplicidade ainda maior", defende.

Geralmente os casais que procuram pelo serviço da Dénudé estão na faixa dos 30, mas há cliente mais maduros, como um senhor de 82 anos, casado com uma mulher de 67. Mas, independente da idade, o perfil é sempre o mesmo: são casais que se amam e desejam capturar esse sentimento através de imagens. As fotos têm o propósito da celebração. Celebração do amor, da paixão, do tesão, das conquistas.

Mel conta que o cenário das fotos depende do objetivo das fotos. Quando o boudoir noir é mais picante, é escolhido um ambiente já conhecido do casal ou um quarto de hotel, para aflorar a intimidade. "No caso do boudoir noir ‘lifestyle’, que mostra o casal como ele é, mas sem o erotismo, gostamos de fazer as fotos ao ar livre, numa praia ou parque, ou mesmo na casa do casal, enfatizando que quem decide é o casal."

Uma produtora de moda ajuda os casais na escolha das peças, que podem ser da Denudé ou do próprio cliente. Os "modelos" também recebem maquiagem e cabelo profissionais. "Fazemos dois encontros com o casal antes da sessão de fotos, para que possamos nos conhecer, trocar experiências e saber mais sobre sua história. Dessa forma, no dia da sessão, as coisas acontecem com muita naturalidade, entre risadas, brincadeiras, vinho e chocolates", comenta a diretora.


Quinze dias após o ensaio fotográfico o casal recebe uma revista impressa em formato A4, tamanho 21 x 29cm, com páginas com gramatura 170g/m², no estilo de revistas de moda e arte. Um DVD com as fotos tratadas em alta resolução, locação e direção de arte também está incluso no pacote. Todo o processo de produção é interno, para maior proteção das imagens.

O número de fotos e páginas depende do pacote escolhido. No pacote Coccinelle, a Revista tem 16 páginas com 35 a 40 fotos. No pacote La Femme são 20 páginas com 45 a 55 fotos. Nos pacotes La Reine e Suprême são 46 páginas com 60 a 70 fotos. Os valores variam entre R$ 2.500,00 e R$ 4.650,00, divididos em até 10 vezes.

As fotos são em cores e em preto e branco e todas são tratadas por um retoucher (profissional de Photoshop) para pequenas correções. "Não eliminamos medidas, nem alteramos a fisionomia de ninguém. Além da maquiagem, o estilo fine art de fotografia utilizado pela Revista Dénudé, com seu jogo de luz e sombras, garantem cliques lindos, que naturalmente realçam o que deve ser mostrado e disfarçam o que não interessa", ressalta Mel.

* Serviço: Revista Dénudé.

Por Juliana Falcão (MBPress)