Cada vez menos tempo de se olhar

cada vez menos tempo de se olhar

Para onde você está olhando ultimamente? Pense nisto. Foto/ © Brüderchen & Schwesterchen GmbH/Corbis

Não, hoje, não vamos falar de novas posições sexuais, de 50 tons de Cinza, e nem de lingeries luxuriantes. Nosso papo é reto no sentido de - preste atenção nessa pessoa que você escolheu para estar.

Olhe para ele/ela, e pense no quanto isso é importante. Falte de vez em quando na academia, no curso, falte e se deixe ali sem nada marcado apenas para curtir.

Ah é assim, você não tinha notado a camiseta nova dele, e nem o jeito choroso de falar que ele forçava para ver se você comentava algo.

Na verdade, você não percebeu porque também estava chateada pela falta de atenção dele com você durante a tpm, ou porque ele nem sequer comentou da sua cor nova de cabelo que foi alterada em 1 tom. Vocês nem se olham direito.

Os clichês que insistem em se tornar verdadeiros, os ditados populares tomando corpo. E assim, dia-a-dia, a gente se prende a detalhes que ficaram para trás com o tempo, e se esquece de olhar de novo para o nosso relacionamento e incorporar as mudanças com coragem e, é claro, amor.

Não venha se explicar com aquela famosa desculpa do tempo - "ah, a vida é tão corrida, quando eu chego em casa, ele ainda está trabalhando... e eu tô sempre tão cansada e com coisas para fazer..." e blá, blá, blá... isso precisa acabar. Aliás, ou isso pára ou o relacionamento está se encaminhando para um fim.

Podemos quase ouvir você abanando a cabeça para os lados em sinal negativo. Ok. Se isso não tem mais importância tamanha, o que terá então? O emprego que não é certeza? A academia que você entra e sai, e que odeia? Ou ser olhada pelos desconhecidos na rua parece mais fácil...

Quando se está num relacionamento, sempre com aquela pessoa, pode não ser fácil e dar trabalho, mas lembre-se de quantos trabalhos sem objetivo você completou para garantir suas contas, e se, mesmo com essas comparações tão absurdas você não está convencida, isso já diz tudo.

O grande X da questão é que quando chegamos nesse ponto, uma cegueira consentida já se instalou. Está na hora de rever algumas crenças. E para você mesma? Você ainda olha? Fica a dica.


Comente

Assuntos relacionados: relacionamento amor olhar importancia