Bagagem emocional do parceiro - como lidar?

bagagem emocional

Foto/© Corbis

É mulherada, é por aí mesmo, ajoelhou tem que rezar. Se você está vivendo com alguém e ama esse homem, você tem que abraçar toda a "bagagem emocional" dele: filhos, ex-mulher etc. Porém, analise da seguinte forma: isso não precisa um sacrifício, mas um ato de amor[ e desprendimento. Se não pode ser, nem comece a se enganar e enganar o outro.

Você vive uma situação parecida? Não vemos melhor forma do que com muita paciência, pois a convivência entre os envolvidos nessa relação anterior, um deles é seu marido/namorado, pode não ser tão amistosa, e você faz o quê no meio disso tudo isso?

A princípio, não faça nada, porque esse passado é dele, não seu. É ele quem deve se entender com a ex e resolver as pendências deles. O que você pode, e deve fazer, é dar ombro, colo e conselhos, e claro, ser uma mãe postiça para os filhos dele. Não adianta bufar, você é a figura materna nesse momento de briga, além da própria mãe deles.

Tente se colocar no lugar do outro, mas não se perca nisso. Você também tem suas necessidades e pode vir a ter seus filhos.

Você só deve começar a tomar parte caso seja solicitada pelo seu homem, ou se sentir que seu espaço de vida com ele está sendo invadido. Muitas vezes, pode surgir a necessidade de dar um basta nas intromissões da ex-mulher na vida de vocês. Relações acabam, mas o respeito não pode terminar.

Se nada der certo, a melhor coisa é sentar e conversar, muito francamente. Coloque a sua felicidade acima de tudo, e deixe claro para ele que, está ali por amor, mas para tudo tem limite.

E você, vive uma relação tumultuada por conta da ex? Conte pra nós.


Por Giseli Miliozi

Comente