A CONFIANÇA É COMO CRISTAL, CASO SE QUEBRE....

...não há nada que possa consertar! E infelizmente não precisamos de fatos concretos pra se perder a confiança, basta que haja fumaça pra sabermos que existe fogo. Eu vivo muito apreensiva desde o dia em que meu amado marido (ex-farmacêutico)aceitou fazer uma injeção no bumbum da colega de trabalho, achei isto de uma liberdade sem limites, comecei associar o comportamento das mulheres mais avançadinhas em relação a ele (nas ocasiões em que pude estar junto), ocorre comentarios do tipo "ai que saudades das suas risadas"... "você esta aqui liiiiiiiindo!!!!".... "ai ele é tão bonziiiiiiiinho", e outras coisas do tipo chamar pelo nome em diminutivo, tudo sinal de liberdade desmedida, que faz a minha cabeça girar e imaginar coisas que se passam quando não estou por perto, é verdade que ele é uma pessoa bastante simpatica e comunicativa, eu também sou e ja percebi o quanto as pessoas confundem isto, porém eu simplesmente pôdo, mas e ele? Desde ontem estou um tanto melancolica, porque esta desconfiança que se instalou em minha tem podado meu romântismo e tirado o brilho da nossa relação, fico achando que eu o amo muito mais do que ele a mim, pode ser neurôse, eu sei, pode ser que esteja sendo muito injusta com ele, mas é mais forte que eu, não quero mais provocar brigas por isto, porque aí a situação só piora e tudo aquilo que escrevo sobre "ETERNOS NAMORADOS", vai por água abaixo, como fazer demonstrações românticas de amor e carinho se há tantos fantasmas a me assombrar? Então vem outro medo... o de que a paixão e o amor que nos uniu entrar em fase de esquecimento e comodismo, é amigas.... esta é a arte de amar.

Comente

Assuntos relacionados: amor romantismo confiança namorados liberdade