6 dicas para lidar com um parceiro ciumento

ciumerelacionamento

Foto - Shutterstock

O ciúme é como um tempero, precisa ser bem dosado, caso contrário, pode desandar um relacionamento. Este comportamento complexo ,em alguns casos, pode ultrapassar limites e tornar-se um problema para quem é vítima dele e também para quem o sente.

Segundo a terapeuta e coach Erica Aidar, fatores como medo, desconfiança, ansiedade, agressividade e possessividade estão bastante ligados à questão do ciúme. "O medo de perder a pessoa amada, a desconfiança em relação à fidelidade, o não respeito às vontades do outro, impedindo-o de ir a algum lugar ou até mesmo usar uma determinada roupa podem indicar que o ciúme está presente no relacionamento", comenta.

É essencial perceber se está ao lado de um ciumento para, a partir daí, tentar minimizar alguns problemas.Confira algumas dicas da profissional para ajudar a lidar com um parceiro ciumento:

Aposte na compreensão

Tentar lidar com o problema de forma tranquila procurando transmitir segurança ao parceiro pode ajudar. Não adianta dizer algo como: ‘você está louco?’, pois isso apenas acirra ainda mais os ânimos e não resolve a questão.

Evite discussão

No momento, em que ele apontar algo e iniciar uma discussão, procure controlar as emoções. Neste momento, não adianta tentar argumentar ou negar qualquer situação denunciada por ele. O nervosismo não permite um raciocínio ponderado, e alimentar a briga, pode ser pior para você. Espere passar um pouco, acalme-se e converse com calma e equilíbrio.

Nada de julgamentos

Evite culpá-lo ou hostilizá-lo por ter sentido ciúme. Ninguém sofre com isso por que deseja. Se, ao invés, de tentar ajuda-lo, você usar a crise de ciúme para ataca-lo irá deixá-lo ainda mais inseguro e com sentimento de culpa. Tente demonstrar carinho e compreensão para que ele se sinta mais confiante nele próprio.

Não alimente o ciúme

Existem pessoas que, para sentirem-se amadas, acabam provando o parceiro como se a cena de ciúme fosse uma prova de amor. Isso pode ocorre de forma até inconsciente, por isso é importante checar se você não alimenta a insegurança dele reforçando tal comportamento em seu companheiro.

Momento de dar adeus

Se o relacionamento atingiu um nível insustentável, repleto de desconfianças e ofensas, ao ponto de minar o amor, repense o romance. Quando o ciumento começa a perseguir, controlar demais, impor suas próprias regras e até querer afastar amigos e familiares é hora de reavaliar.

Até porque, situações mais agressivas, podem acontecer se ele for contrariado. Existem casos em que o ciumento necessita de ajuda de um profissional especializado para conseguir vencer este problema.


Por Vila Mulher

Comente

Assuntos relacionados: relacionamento ciúme ansiedade