5 passos para superar o coração partido

5 passos para superar o coração partido

Uma mão amiga e colo são santos remédios para o coração partido. Foto: David ClevelandImage Source/Corbis

Evitar ter o coração partido por alguém é impossível, mas superar isso de uma forma menos dolorosa, aí sim. A coach de relacionamento Margareth Signorelli dá algumas dicas e, segundo ela, cada fase é importante na superação da dor do amor perdido.

1ª fase - Negação - você leva um choque e não aceita, seu cérebro não assimila a informação. E pode ser que você tente entender o tempo todo o que fez de errado. Mas no fundo não é culpa sua, nem do outro, e nem de ninguém. As pessoas mudam de ideia e de sentimentos e o fim do amor e do relacionamento pode acontecer, claro que não é simples, mas é a verdade. Encare que é verdade e não se humilhe pedindo para a outra pessoa voltar, pois depois você se arrependerá.

2ª fase - Dor - essa fase é difícil, pois é o momento do luto, de enterrar o relacionamento, o sentimento e podem surgir dores físicas. Para melhorar faça a seguinte pergunta para si mesma: "O que eu quero encontrar?" Um marido, um companheiro, um parceiro de vida? Alguém que lhe ame e respeite? Que tenha uma conexão sexual e intelectual com você? Escreva as respostas. Essa será a sua INTENÇÃO, o que você procura para a sua vida. Uma INTENÇÃO não é um desejo, mas sim algo que você vai criar.

3ª fase - Raiva - Agora você melhorou está mais lúcida e, portanto, está reagindo. Está notando o estrago interno que essa pessoa deixou e se pergunta: como deixou que alguém fizesse aquilo com você? Aí vem a depressão, a total falta de vontade para fazer até mesmo o que gosta. E a raiva nos movimenta e tem uma energia de ação que pode lhe ajudar a tomar decisões muito importantes na sua vida. Aproveite! Mas nunca faça algo para o outro, a raiva será canalizada em ações positivas para você mesma. Veja se consegue sair dessa sozinha, do contrário procure a ajuda de um profissional.

4ª fase - Diga chega! - Crie seu próprio estatuto de coisas que vai permitir e o que não quer mais que aconteça em sua vida. Esse será o seu comprometimento de você para com você mesma, não deixando que isso se repita.

5ª fase - Volta por cima - Margareth usa a fábula da borboleta para ilustrar a transformação: "E quando a lagarta pensou que o mundo tinha acabado... Ela virou Borboleta". Você já está melhor, e aprendeu com tudo o que passou e sabe que nunca mais verá as pessoas e o mundo de outra forma, e isso é ótimo. Você está se recuperando. Não se exponha muito e vá a lugares onde se sinta bem.


Por Giseli Miliozi

Comente