5 ideias diferentes para jogar o buquê

Saia do tradicional e tente uma dessas ideias inovadoras no seu casamento!
buque noiva

Jogar o buquê pode ser mais divertido do que você imagina! Foto - Istock/omgimages

As solteiras adoram, a noiva se diverte e os namorados? Bem, eles podem até ficar um pouquinho preocupados - faz parte! Sim, estamos falando da tradição de jogar o buquê de noiva na festa de casamento. Que mulher não ama?


Com as novidades no ramo de casamento é normal querer fazer diferente até nisso. Para fazer a alegria das noivas moderninhas, o Vila Mulher separou maneiras inovadoras de 'abençoar' a mulherada que ainda não se casou com as suas flores.

Que tal?

Bouquet: aplicativo para jogar o buquê

buque noiva

Foto - Divulgação

Seja uma noiva High Tech! É só baixar o aplicativo (disponível somente para IOS), e escolher o buquê desejado. Enquanto isso, as convidadas, em volta, deixam seus aparelhos a postos. Depois, a noiva faz a contagem e sacode o iPhone tal como atiraria um buquê de verdade. O resultado é super legal! E o melhor de tudo: você ainda leva seu buquê para casa!

Fitas no buquê

buque noiva

Foto - Reprodução

Essa ideia vem fazendo bastante sucesso e rende fotos sensacionais: várias fitas são amarradas no buquê e cada solteira pega uma ponta. A noiva vai cortando uma por uma... Até que quem segurar a última fita leva o buquê e é a próxima a casar!

Resgate o buquê

buque noiva

Foto - Reprodução/nos3contraeles

Coloque-o dentro de uma caixa transparente, amarre correntes em volta e tranque com um cadeado. Cada solteira recebe uma chave. A que conseguir abrir leva o prêmio, oba!

Batata-quente

Foto - Reprodução/myweddingprinter

Sabe o joguinho de criança? Funciona da mesma forma! Isto porque o buquê vai passando de mão em mão e quem estiver com ele quando a noiva disser “queimou!” ganha o presente e é a próxima a subir no altar!

Buquê elástico

buque noiva

Foto - Reprodução/sitedamulher

A noiva amarra um elástico no buquê, finalmente joga e depois que a solteira pegar ela puxa de volta! Que maldade não? Mas convenhamos, rende boas risadas!

Por Thamirys Teixeira

Comente