5 atitudes no casamento que podem fazer mal à saúde

casamentocrise

Foto - Shutterstock

O casamento parece entrar em ruínas e a saúde também não anda lá muito bem? Antes de achar que é coincidência, saiba que a relação entre os dois pode ser o fator principal para a saúde ir de mal à pior.

Veja 5 atitudes que indicam que o casamento está matando vocês:

1 - Falta de comunicação

Não falar sobre de seus problemas com o seu parceiro pode causar dores de cabeça, tensão muscular, ansiedade e até depressão. De acordo com os especialistas, as mulheres tendem a usar o álcool e drogas como terapia para um casamento com problemas, pois é uma maneira de sentir que o estresse está diminuindo.

2 - Brigas constantes

Grandes brigas, com frequência, podem aumentar o risco de problemas cardíacos. De acordo com um estudo publicado no The Journal of the American Medical Association,cerca de 300 mulheres foram hospitalizadas com pontadas no peito, que ligavam ao ataque cardíaco, depois de relatarem altos níveis de estresse conjugal. As probabilidades de desenvolver alguma parada cardíaca sobem para 3 vezes mais, quando as mulheres discutem com os parceiros.

3 - Deixar de cuidar de si mesmo

Pesquisas mostram que tirar um tempo para si - o famoso spa em casa - pode reduzir o stress e a ansiedade. Os estudos também mostram que além de amenizar os ânimos, o risco de um ataque acardíaco diminui, quando as pessoas se cuidam mais.

4 - Privação do sono

A falta de sono pode desenvolver problemas como depressão, ansiedade, aumento do risco de doença cardiovascular, e aumentar as taxas de mortalidade.

5 - Comer muito

De acordo com um estudo publicado na National Library of Medicine National Institutes of Health EUA, o casamento aumenta o risco de obesidade em mulheres. Mas o ganho de peso não é só reservada para as mulheres: os homens enfrentam um risco maior de se tornar obesos em 6,1%. A relação está nos hábitos alimentares, que para os pesquisadores, se torna uma tendência entre o casal, ou seja, se um come mal o outro também terá o mesmo hábito.


Por Caroline Sarmento

Comente

Assuntos relacionados: saúde ansiedade casamento