3 razões históricas para ser fiel

Ser Fiel

Atualmente muito se fala sobre a poligamia e sobre a hipótese de ser inadequada e não natural a monogamia. Diz-se que casamento é uma instituição falida e tantas outras coisas que fazem parecer que ser fiel é apenas ser cafona e ultrapassado.

Muitos "profissionais" da minha área ignoram o relevante fato de que a proposta da fidelidade sempre teve uma razão histórica/lógica para existir.

Quero lhe mostrar que a prática da fidelidade é muito útil para aspectos de sua vida que talvez sequer você tenha correlacionado.

# Razão Histórica Número 1 para Ser Fiel

Sendo fiel você tem mais tempo para sua espiritualidade

Há muitos e muitos séculos a religião já percebeu a ligação que há entre a espiritualidade e a sexualidade humana. A religião percebeu a concorrência que a sexualidade representa para o exercício da espiritualidade, por isso sabemos de várias restrições que a igreja impõem para a vida sexual de seus fiéis.

# Razão Histórica Número 2 para Ser Fiel

Você economiza dinheiro

Até pouco tempo depois da 2a. Guerra Mundial era muito comum a prática da ?outra?, era frequente que os homens tivessem outra mulher, a qual recebia mimos, e por vezes era sustentada integralmente por seu amante. Veladamente a sociedade sabia da infidelidade, mas, fingia ignorar.

Foi no início da Era Industrial que a fidelidade passou a ser abertamente incentivada, já que assim seria mais fácil para as famílias crescerem e se reestruturarem financeiramente.

# Razão Histórica Número 3 para Ser Fiel

Você amplia o seu crescimento pessoal

Nas últimas décadas muito tem se falado sobre crescimento pessoal, sobre autoconhecimento e aperfeiçoamento de si. Mas, temos um grande empecilho que devora nossos esforços para investir em nosso crescimento humano: o tempo.

Pare e observe a sua vida, você quase não tem tempo para nada. Come correndo, dorme pouco, dirige com pressa, tem prazos apertados no trabalho, filhos para criar, saúde para cuidar, academia, família, livros, documentários...

Tanta coisa concorre com suas 24 horas diárias, não?

Por que dificultar ainda mais sua vida incluindo uma terceira pessoa???

Muitas pessoas pensam erroneamente que um relacionamento extra-conjugal seria como um lazer, como uma diversão, um "up", para pouco tempo depois se darem conta de que aquilo é mais um trabalho. A outra pessoa é humana, por melhor que seja, sempre vem com desejos, frustrações, expectativas, defeitos, necessidades, carências...


E então? Vai querer perder tempo com um caso extra-conjugal?

Ou prefere investir esse tempo em boas leituras, cursos, viagens, estudo, descanso, reflexão...

Enfim, consciência leve te leva mais longe, te faz crescer mais!

Acredite no Amor e Viva o Seu Melhor

Pâmi Garcia

Comente

Assuntos relacionados: relacionamento traição fidelidade ser fiel